Vereadores suspendem sessões ordinárias virtuais por causa de Covid-19

Cléber Costa foi o primeiro dos vereadores infectados pela doença, seguido de Ana Hora e Francisco Sales

O aumento do registro de casos da Covid-19 no âmbito da Câmara Municipal de Maceió levou o presidente da Casa, vereador Kelmann Vieira, a suspender as sessões ordinárias. Desde o início de abril, os vereadores já vinham se reunindo e votando matérias de maneira virtual. Entretanto, pelo fato de vereadores e servidores da Câmara terem sido contaminados pela doença, o presidente achou melhor suspender as reuniões até o dia 22.

Tão logo a Organização Mundial de Saúde (OMS) classificou a Covid-19 como pandemia e recomendou a prática do isolamento social como melhor maneira para enfrentar a doença, as sessões da Câmara passaram a ser realizadas no ambiente virtual. Matérias de interesse do Executivo e do próprio Legislativo foram apreciadas nesse período, mas, agora, chegou ao limite.

Já foram infectados pela doença os vereadores Cléber Costa, Ana Hora e, no início da semana, Francisco Sales Filho. “Apesar de serem sessões online e de termos estabelecido teletrabalho na Câmara, entendemos que se fazia necessário a suspensão dos trabalhos tendo em vista os casos de teste positivo. Mesmo com máscara, álcool em gel 70% e distanciamento, a estrutura das sessões virtuais requeria o número mínimo de funcionários para poder funcionar, o que não deixa de ser um risco para cada um. Em Alagoas e em Maceió só crescem a quantidade de casos e prezamos pela cautela. Entendemos que é o melhor a fazer neste momento, em cumprimento também às novas determinações do governo do Estado”, justificou o presidente da Câmara ao anunciar a medida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *