5 de agosto de 2022

Professores do Pilar participam de capacitação em neurociência e psicologia positiva

A formação continuada dos profissionais da rede municipal de educação é prioridade no Pilar. E ao longo de toda esta semana, dezenas de professores participam, no Cine Pilarense, de mais um curso voltado à qualidade do processo de ensino e aprendizagem. Com a capacitação que segue até esta sexta-feira (05), todos passarão a aplicar a neurociência e a psicologia positiva, dentro e fora da sala de aula.

Responsável pela formação, Carla Prado conta que escolheu a cidade do Pilar após conhecer seu modelo de gestão educacional. “Eu queria levar este conhecimento para um município que conseguisse quebrar paradigmas. O prefeito Renato Filho, sempre muito solícito, é um gestor que abarca novidades, e é dessa forma que podemos avançar, superando as amarras do ensino tradicional”, conta a professora, acrescentando que as novas técnicas buscam, principalmente, otimizar o aprendizado.

“Trouxemos tudo o que há de melhor em relação aos mecanismos de assimilação. Com eles, o aluno tem mais foco e pode memorizar com mais facilidade, e sem sofrimento para qualquer das partes, permitindo ao professor explorar ao máximo o potencial daquele indivíduo. O nosso objetivo, portanto, é fazer com que cada profissional possa obter os melhores resultados, e sem se desgastar com isso”, reforça a especialista.

Para o secretário municipal de Educação, Clewinho Cavalcante, a iniciativa destinada aos professores do ensino fundamental é um verdadeiro divisor de águas. “Este curso é parte integrante do nosso plano municipal de educação. “O dia a dia é desafiador pra quem está em sala de aula, e é por isso que precisamos sempre acolher alunos e professores, evitando, assim, que eles entrem ‘no automático’. Afinal, nossos profissionais precisam ir além da transmissão do conhecimento, compreendendo também a real necessidade de cada aluno”, analisa o gestor.

Maria Gomes Clementino é professora há 14 anos da Escola Jarbas Passarinho e não esconde o seu contentamento com a oportunidade. “Está sendo maravilhoso porque a neurociência vem para complementar a minha formação em educação especial inclusiva. Não tenho dúvida de que sairei daqui ainda mais preparada para atuar na sala de recursos, potencializando as habilidades dos meus alunos. A Prefeitura está de parabéns por nos oferecer um curso dessa magnitude, e de graça”, afirma.

Ascom Pilar 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *