5 de agosto de 2022

Descarte irregular: prática negativa realizada por moradores prejudica o bairro do Vergel

Descarte irregular: prática negativa realizada por moradores prejudica o bairro do Vergel

Descarte irregular: prática realizada por moradores prejudica bairro do Vergel. Foto: Ascom Sudes

Durante a manhã desta sexta-feira (5), as equipes de educação ambiental da Superintendência Municipal de Desenvolvimento Sustentável (Sudes) estiveram no bairro Vergel do Lago intensificando as orientações sobre descarte irregular. O logradouro é famoso pela prática negativa e, mesmo após intervenções da Prefeitura, visando a melhoria da qualidade de vida dos moradores, as atitudes continuam acontecendo.

Equipes intensificaram as ações de educação ambiental no Vergel. Foto: Ascom Sudes
Equipes intensificaram as ações de educação ambiental no Vergel. Foto: Ascom Sudes

Na região, cerca de 20 educadores, entre servidores da Superintendência e jovens aprendizes da Naturalle e da Viambiental, empresas responsáveis pela coleta domiciliar na capital, percorreram as ruas e puderam verificar o mau uso de caixas estacionárias instaladas e a falta de consciência em relação a apresentação dos resíduos para a coleta regular.

A diretora de planejamento e serviços especiais da Sudes, Kedyna Tavares, afirmou que a ausência de ajuda da população acaba dificultado o trabalho da Prefeitura.

“Diariamente são feitos serviços de limpeza no Vergel e sempre enfrentamos as mesmas situações. Infelizmente, falta consciência ambiental para preservar a região e o meio ambiente”, disse.

Moradora relata que trabalho da Prefeitura é feita corretamente. Foto: Ascom Sudes

Moradora relata que trabalho da Prefeitura é feita corretamente. Foto: Ascom Sudes

Para Andreza Rosário, residente do bairro, o problema não está no serviço da Prefeitura e sim na atitude das pessoas.

“A Prefeitura faz a sua parte. Vem aqui, fazem a coleta, colocaram essas caixas de lixo espalhadas pelo bairro e mesmo assim as pessoas jogam o lixo fora da caixa. O que estraga aqui são as pessoas. A gente tem que fazer a nossa parte”, relatou a moradora.

Robson José da Silva lamenta atitude dos vizinhos. Foto: Ascom Sudes

Robson José da Silva lamenta atitude dos vizinhos. Foto: Ascom Sudes

Robson José da Silva também é morador da região há 15 anos e lamenta a atitude dos vizinhos.

“O pessoal aqui é triste, não joga o lixo na caixa. Acho que eles tem problema na mão ou é só falta de educação e consciência mesmo”, disse.

Em janeiro deste ano, o bairro já havia recebido grandes ações de limpeza através do projeto “Eu Amo a Lagoa” que retirou mais de 500 toneladas de lixo de vias e espaços públicos, além das margens da Lagoa Mundaú.

Desde a última segunda-feira (1º), além da ação realizada no Vergel do Lago, os educadores ambientais da Sudes também visitaram os bairros Farol e Benedito Bentes, levando orientações sustentáveis e instalando bombonas para melhorar a captação do lixo que é descartado de forma irregular.

Ascom Sudes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *