23 de junho de 2022

Previdência privada: especialista cita benefícios da contratação desse tipo de investimento

Segundo pesquisa da Fenaprevi, a previdência privada aberta cresceu 11,2% em 2021, comparado ao ano de 2020

Para quem deseja usufruir de uma aposentadoria mais confortável, a previdência privada surge como alternativa com uma série de benefícios, entre eles o menor pagamento no Imposto de Renda. Mesmo assim, os brasileiros ainda são reticentes na contratação desse produto.

Segundo a Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (Fenaprevi), as contribuições com a previdência privada aberta cresceram apenas 11,2% em 2021, quando comparado a 2020. Também de acordo com pesquisa feita pela Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima), em parceria com o Datafolha, somente 3% dos aposentados brasileiros contam com esse complemento à renda.

A assessora de Produtos e Serviços da Sicredi Expansão, Larissa Amaral, destaca que “um dos fatores que levam à baixa adesão é que os brasileiros não conseguem separar renda para investir. Há, também, um fator conjuntural, como a perda de renda nos últimos anos, e um comportamental, que é não pensar no futuro”.

Ainda segundo ela, disseminar informações esclarecedoras sobre esse produto pode contribuir para que a população brasileira considere aderir a modalidade, que é um modelo de investimento seguro, regulamentado e acessível a todas as classes.

“Entre as principais vantagens estão os benefícios fiscais, já que, com esse investimento, é possível pagar menos Imposto de Renda. A tabela de tributação é outra vantagem interessante, como também o planejamento sucessório, já que não entra em inventário, entre tantas outras”, esclarece.

Os associados da Sicredi podem montar um plano de acumulação que atenda às necessidades, com baixas taxas de administração e taxa zero de carregamento de entrada e saída. A instituição financeira cooperativa disponibiliza modelos de previdência privada individual e empresarial, em que é possível definir qual o melhor plano para cada perfil de associado, o melhor modelo de tributação e ainda definir em qual fundo será feito o investimento.

por Carol Amorim – Algo Mais Consultoria e Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *