12 de maio de 2022

Paulo Dantas e José Wanderley registram candidatura ao governo de Alagoas

O deputado estadual Paulo Dantas (MDB) e o médico José Wanderley Neto (MDB) confirmaram a candidatura a governador de Alagoas e vice, respectivamente, na eleição indireta prevista para este domingo (15), às 13h, no plenário da Assembleia Legislativa. Como determinou o ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes, a eleição será feita em chapa, com votação nominal e aberta.

Paulo Dantas

Formado em Administração, Paulo Dantas é produtor rural e tem 42 anos. Foi prefeito do município de Batalha, entre 2004 e 2012, destacando-se como gestor moderno, com trabalho realizado e reconhecido. Em sua gestão, saneou totalmente a cidade, municipalizou o Hospital Estadual, criou uma política de atenção básica à saúde e avançou no IDEB municipal acima da média em Alagoas.

Paulo Dantas está no exercício de seu primeiro mandato como deputado estadual, sendo o segundo-secretário da Mesa Diretora do Poder Legislativo e líder do Bloco da Maioria, integrado por 26 parlamentares. É também presidente da Comissão de Constituição e Justiça, considerada a mais importante do Poder Legislativo. A ele vem sendo atribuída a missão de relatar grandes projetos de interesse do povo alagoano como o novo Plano de Cargos, Carreira e Salários dos profissionais da educação do Estado de Alagoas, do Cartão Bolsa Escola 10 e do reajuste dos servidores estaduais, implantado em 2021. A atuação parlamentar de Paulo Dantas vem sendo notabilizada pela defesa de projetos sociais, como o Programa do Leite e o cartão CRIA, que atende a milhares de famílias carentes, além de ações em defesa da educação pública, da infraestrutura e do desenvolvimento humano.

José Wanderley Neto

O médico cardiologista José Wanderley Neto (MDB) é natural de CACIMBINHAS. Professor da Universidade Federal de Alagoas, tem 50 anos de profissão, com destaque como membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular e membro fundador da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos.

Já foi secretário de Saúde de Alagoas e presidente do Conselho Regional de Medicina de Alagoas, além de ter sido vice-governador de Alagoas, de 2007-2010. No cenário nacional, presidiu a Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular e o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS). É um dos maiores conhecedores e defensores do Sistema Único de Saúde do País. Em sua vida profissional, já alcançou a marca de mais de 20 mil cirurgias cardíacas. Realizou o primeiro transplante cardíaco do nordeste.

Fonte: Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *