14 de maio de 2022

Davi Davino Filho lança pré-candidatura ao Senado no tom da renovação contra a má política

Ao lado de apoiadores, Davi garante que vai seguir a campanha sempre ouvindo os anseios dos alagoanos

Cercado de apoiadores e autoridades, o deputado estadual Davi Davino Filho lançou a sua pré-candidatura a senador na tarde deste sábado (14). Com muita emoção, Davi fez o seu discurso ao lado do prefeito de Maceió, JHC, do senador e pré-candidato a governador, Rodrigo Cunha e do presidente da Câmara Federal e deputado Arthur Lira, garantindo que vai seguir na luta por um atendimento mais humanizado na saúde, por mais recursos para Alagoas e sempre ouvindo as pessoas.

“Meus amigos, minhas amigas, precisamos de uma vez por todas libertar Alagoas do julgo desta família que se acha dona do estado e que faz política olhando apenas para si e para seu desejo de perpetuação no poder”, disse.

Davi mostrou que os dados colocam nosso estado sempre como um dos piores do país e que vai buscar mudar essa realidade tão nefasta. “Na propaganda dos Calheiros, tá tudo muito lindo. Mas na vida real, você não encontra. E a solução, é estar perto dos prefeitos, pra não deixar faltar remédios, médicos especialistas, exames”.

O deputado Arthur Lira disse que estão todos juntos em busca da renovação. “A luta que se inicia hoje, é de cada alagoano, que precisa pensar se a vida melhorou nos últimos anos. Sobra propaganda, falta emprego, falta IDH, e falta aquilo que a família Davino mais prega. A saúde pras pessoas”.

O prefeito de Maceió, referendou o discurso da renovação. “Vamos lutar para não ter dois Calheiros no Senado. Parabéns Davi, por se lançar a esse desafio. Estamos Juntos”.

O senador Rodrigo Cunha, reforçou o trabalho da família Davino em Maceió e confirmou que Davi é a escolha correta. “O estado sabe que daqui vai sair uma vez, o senador mais votado de Alagoas. Parabéns Davi, pela sua missão. Família unida, família fortalecida”.

Davi Davino Filho lembrou que sua mãe lhe deu um nome bíblico, de um homem que enfrentou um gigante armado apenas com a sua fé e venceu. “Ele tem dito em tom de deboche que o pleito daqui a seis meses é uma mera formalidade para torná-lo senador ao lado do pai. Ex-governador, a soberba é má conselheira! Eu de minha parte, quero humildemente submeter meu nome ao julgamento dos meus irmãos alagoanos. E para isso estou disposto a lutar a luta da minha vida”.

Fonte: Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *