13 de maio de 2022

Ação de combate ao bullying da OAB Alagoas conscientiza 300 estudantes da rede pública de Rio Largo

Uma parceria entre a Ordem dos Advogados do Brasil em Alagoas (OAB/AL) e a Secretaria de Educação de Rio Largo levou ações de combate ao bullying a escolas da rede pública localizadas na Região Metropolitana de Maceió. A iniciativa alcançou 300 estudantes do ensino fundamental, distribuídos em oito escolas do município de Rio Largo, entre os meses de abril e maio.

Durante os dias 25, 26, 28 e 29 de abril e 09, 10, 12 e 13 de maio, integrantes da Comissão de Promoção da Igualdade Racial da OAB/AL abordaram temas relacionados à mediação de conflitos no ambiente escolar, como bullying, racismo e intolerância. Além dos estudantes, profissionais que atuam em escolas municipais foram convidados para participar das discussões.

“A OAB Alagoas recebeu o convite por meio da Secretaria de Educação. O Município entrou em contato, solicitando apoio junto aos estudantes. O nosso objetivo foi tentar promover o debate de forma lúdica, respeitando as idades dos alunos, já que estamos diante de um público tanto de anos iniciais quanto de anos finais”, destacou Synthya Maia, vice-presidente da Comissão de Promoção da Igualdade Racial.

De acordo com ela, a abordagem incluiu não apenas a identificação do bullying, mas formas de reação à violência em ambiente escolar. “Buscamos mostrar como reagir a esses casos, porque eles são seres humanos em formação. A idéia é, nesse processo de formação, mostrar para eles que violência não é a solução, que existem outras formas de mediar esses conflitos”, completou Synthya Maia.

Para Edjane Pinheiro, professora do 5º ano do ensino fundamental da Escola Municipal Lápis de Cor, a iniciativa deve trazer reflexos positivos para o ambiente escolar. “Essa é uma ação fundamental, porque esse é um assunto muito importante para o nosso público infanto-juvenil. Essa é uma temática [bullying] que tem que ser constantemente trabalhada nas escolas”, destaca.

A professora lembra que o combate à intolerância no ambiente escolar precisa unir esforços coletivos. “É um trabalho em grupo, desenvolvido em parceria pela direção, coordenação e professores. A OAB Alagoas veio para somar. É uma ação bem interessante”, conclui Edjane Pinheiro.

Ascom OAB/AL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *