13 de janeiro de 2022

Prefeito de Santana do Mundaú garante rateio de 70% do Fundeb aos profissionais da educação

Na tarde desta quinta-feira (13), o prefeito de Santana do Mundaú, Arthur Freitas, e o secretário de Educação, André Castro, promoveram uma grande reunião com os professores, profissionais da área e representantes do sindicato. No encontro, que também contou com vereadores, o gestor anunciou o rateio dos 70% das verbas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB).

“O Projeto de Lei vai tramitar na Câmara Municipal em uma sessão extraordinária, e, logo após a aprovação, realizaremos o pagamento já nos próximos dias, contemplando os profissionais que integram a nossa rede municipal de ensino”, detalhou o secretário André Castro.

Para o prefeito, o diálogo e a transparência com a categoria que sempre fizeram parte do seu mandato, reflete nos bons índices educacionais do município a nível estadual. “Nunca na história da nossa cidade, os profissionais da educação haviam sido contemplados com o pagamento deste abono, apesar da medida já ser uma realidade em diversas prefeituras. Essa iniciativa reflete o nosso compromisso com esses valorosos profissionais”, destacou Arthur.

RATEIO DOS PRECATÓRIOS DO FUNDEF

Na reunião, também esteve em pauta o rateio do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef). Na ocasião, foi formada uma comissão com representantes dos servidores da educação, para que todos possam acompanhar e discutir a viabilidade dos pagamentos.

“Sempre lutamos pela valorização dos nossos profissionais. E agora, com a aprovação da proposta que regulamenta o rateio desses recursos, pude assumir o compromisso com a categoria e vamos buscar efetivamente, junto à justiça, a liberação para efetuar o pagamento, garantindo assim, que o direito seja assegurado a todos”, finalizou Arthur Freitas.

Ascom Santana 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *