21 de junho de 2021

Ufal e Pilar se unem em macroprojeto de cooperação e aperfeiçoamento da gestão pública

Reitor Josealdo Tonholo faz apresentação de projetos durante a oficina

A Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e a Prefeitura do Pilar, município situado na Região Metropolitana de Maceió, deram nesta sexta-feira (18) o primeiro passo efetivo rumo ao estabelecimento de uma parceria que fará da cidade um laboratório para ações e projetos empreendidos por pesquisadores, técnicos e estudantes da Ufal. As iniciativas atenderão a demandas da gestão pilarense, que reuniu professores da instituição e membros da administração municipal na 1ª Oficina de Cooperação Ufal-Pilar.

A oficina ocorreu no Espaço Cultural Mestra Bida, localizado em Pilar, com liderança do reitor Josealdo Tonholo e do prefeito Renato Filho. Participaram a atividade membros da gestão municipal pilarense e do corpo docente da Ufal, entre eles os pró-reitores de Gestão Institucional, Arnóbio Cavalcante, e de Extensão, Clayton Santos (Proex), além de diretores de unidades acadêmicas como Leonea Santiago, do Instituto de Educação Física e Esporte (IEFE), e parlamentares estaduais como a deputada Fátima Canuto. Após palavras de abertura e a exposição da metodologia de trabalho, grupos foram formados para o início do pensar coletivo sobre os projetos.

“A Ufal aceitou o convite da gestão do Pilar e veio aqui nesta manhã ofertar mais uma demonstração inequívoca de que está devotada ao estabelecimento de parcerias rumo à execução de ações de pesquisa, extensão e ensino que promovam o desenvolvimento de nosso estado e de seus municípios. O prefeito Renato Filho, competente, atuante e conectado com as necessidades da gestão pública contemporânea, está neste momento dando prova de que uniões como esta – da Universidade e de gestões públicas municipais – são extremamente eficazes em busca do aperfeiçoamento das administrações e do atendimento das demandas da sociedade”, disse o reitor Josealdo Tonholo.

Já o prefeito Renato Filho, afirmou que sua administração “está empenhada em promover dias melhores para o povo do Pilar e, neste sentido, esta parceria com a Ufal vem para trazer à gestão municipal o aporte de competências e saberes que serão utilizados 100% na promoção do bem-estar e do futuro dos pilarenses”. Renato Filho ainda reiterou que “quer fazer do município do Pilar um campo para a aplicação de projetos inovadores, com a chancela da Universidade Federal, na certeza de que o município e sua sociedade em muito ganharão no quesito de modernização da máquina pública municipal e de avanço nos indicadores municipais”.

As propostas de ação da Ufal sob demanda da Prefeitura do Pilar vão se desdobrar em projetos voltados ao Complexo Estuarino Lagunar Mundaú-Manguaba (CELMM), com foco em estudos ambientais, monitoramento de poluentes e tecnologias de desassoreamento; ao turismo e à sustentabilidade, incluindo a potencialidade de uso do CELMM; a pesquisas sobre petróleo e gás, relativas às novas oportunidades de negócios; ao uso das energias alternativas, tecnologias solar, eólica e biomassa; à educação empreendedora visando erradicação da extrema pobreza; às ações de integração social com envolvimento de jovens, atividades de saúde, esporte, lazer; e às Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) sobre cidades digitais/inteligentes; entre outras áreas.

Ascom Ufal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *