9 de junho de 2021

Severino Pessoa defende socorro aos agricultores familiares por conta da pandemia

O deputado federal Severino Pessoa (Republicanos/AL) saiu em defesa da aprovação do Projeto de Lei 823/21, que tem como objetivo diminuir o impacto socioeconômico da Covid-19 nesses produtores e devem ser adotadas até 31 de dezembro de 2022.

A aprovação do projeto retoma os pontos vetados pelo Executivo no projeto de socorro a agricultores familiares aprovado ano passado, como recursos para fomento da atividade e prorrogação de condições para o pagamento de dívidas.

Poderão ter acesso aos benefícios os agricultores e empreendedores familiares, pescadores, extrativistas, silvicultores e os aquicultores.Para agricultores familiares em situação de pobreza e extrema pobreza, o projeto cria o Fomento Emergencial de Inclusão Produtiva Rural com o objetivo de apoiar a atividade produtiva durante o estado de calamidade pública.

Linha de crédito

O texto permite ao Conselho Monetário Nacional (CMN) criar linhas de crédito para agricultores familiares e pequenos produtores de leite com taxa de 0 % ao ano, dez anos para pagar e carência de cinco anos incluída nesse tempo.

Os interessados terão até 31 de julho de 2022 para pedir o empréstimo, podendo usar até 20% do valor obtido para a manutenção da família.

O acesso ao crédito dependerá de projeto simplificado de crédito elaborado por entidade de assistência técnica e extensão rural sob coordenação da Anater. O texto prevê desconto de R$ 300,00 por quitação em dia das parcelas, a ser aplicado no início dos pagamentos, mais bônus de 20% de adimplência para contratos firmados por mulheres trabalhadoras rurais.

Os recursos virão dos fundos constitucionais de financiamento e também da União se a linha de crédito for por meio da subvenção de juros (equalização de taxas).

Ascom Arapiraca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *