11 de junho de 2021

Prefeitura de Coruripe entrega sementes do Governo do Estado a agricultores do Sapel

Mais de setenta famílias foram beneficiadas com 1420 quilos de sementes de feijão e milho

Fortalecer a agricultura, gerar renda e incentivar a comercialização da produção dentro da própria cidade. Esses são os objetivos da Prefeitura de Coruripe para com os pequenos agricultores do município. Pensando nisso, foram distribuídas nesta quinta-feira (10), 1420 quilos de sementes de feijão e milho aos agricultores do Acampamento Sapel, doadas pelo Governo do Estado.

A solenidade de entrega ocorreu no próprio acampamento e contou com as presenças do prefeito Marcelo Beltrão (PP) e do secretário de Agricultura de Coruripe, Alesson Lira.

“Hoje é um momento importante para os acampados do Sapel. São 71 famílias beneficiadas com 1420 quilos de sementes de feijão e milho. Além disso, também mandamos tratores para preparar a terra. Esse é o papal do poder público, incentivar os pequenos agricultores para que eles possam produzir e gerar renda”, enfatizou Lira.

Para a agricultora e coordenadora do Acampamento Sapel, Maria Zenilda, este é um momento de festejar as parcerias com o poder público. “Esta entrega é de grande relevância para nós. Como somos um movimento social, necessitamos de parcerias para sobreviver. Quero agradecer a compreensão da Prefeitura de Coruripe e do Governo de Alagoas para com todos os acampados. Que essas parcerias sigam por muitos anos”, frisou.

O prefeito Marcelo Beltrão afirmou que todas as metas compactuadas no plano de governo já estão saindo do papel para o benefício dos pequenos agricultores.

“Hoje é um momento importante para Coruripe. Estamos trabalhando para alcançar a meta de atingir mil agricultores, o que foi compactuado no nosso programa de governo, unindo o Programa Maná e a entrega das sementes doadas pelo Governo do Estado. A primeira etapa do Maná alcançou 350 famílias e as sementes de hoje, 71 famílias, podendo chegar ao total de 140. Vamos trabalhar para gerar uma renda mínima de 2 mil reais por família”, garantiu o chefe do Executivo.

E finalizou: “Queremos que a agricultura familiar seja um movimento contínuo, que possa gerar emprego e renda para muitos. Estamos só nos primeiros seis meses de administração. E vem muita coisa boa pela frente para benefício de milhares”.

Ascom Coruripe 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *