9 de junho de 2021

Juízo Proativo: 1ª Vara de Palmeira dos Índios teve a maior pontuação entre unidades de 2ª entrância

Juiz José Miranda atuou na 1ª Vara de Palmeira dos Índios em 2020.

Juiz José Miranda atuou na 1ª Vara de Palmeira dos Índios em 2020.

A 1ª Vara de Palmeira dos Índios obteve a maior pontuação no Juízo Proativo 2020, entre as unidades de segunda entrância. Foram 103,56 pontos, o que possibilitou à Vara alcançar o “Padrão Excelência”.
No ano passado, a unidade recebeu 521 processos novos e julgou 871, tendo uma taxa de produtividade de 167%.
Ao todo, foram baixados (arquivados) 712 processos. O índice de atendimento à demanda, que considera as ações que entraram e as que foram baixadas, foi de 137%. Já a taxa de congestionamento, que leva em conta o total de casos novos que ingressaram, os processos baixados e o estoque pendente ao final do período
anterior ao período base, foi de 49%.
“A boa pontuação foi graças aos servidores do gabinete e do cartório. Graças ao esforço deles que isso aconteceu”, destacou o juiz José Miranda, que atuou na 1ª Vara de Palmeira dos Índios em 2020.
Os levantamentos do Juízo Proativo foram feitos pela Divisão de Estatística da Assessoria de Planejamento e Modernização do Poder Judiciário de Alagoas (APMP).
 Dicom TJAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *