11 de junho de 2021

Chefe do IBGE em Alagoas destaca apoio da AMA em defesa do censo

Em correspondência ao presidente da AMA, o chefe da Unidade Estadual do IBGE em Alagoas, Alcides Jeronimo de Almeida Tenório Júnior destacou o apoio da Associação em defesa da realização do censo demográfico.

Quando se tornou pública que a Lei Orçamentária de 2021 (Lei nº 14.144, de 22 de abril de 2021) foi sancionada sem a recomposição do orçamento original de R$ 2 bilhões para o Censo Demográfico, tornando inviável sua execução, o presidente da AMA, Hugo Wanderley condenou a decisão afirmando que o censo é o principal diagnóstico da realidade do Brasil. Além disso, as estimativas populacionais estão ainda mais defasadas – uma vez que a contagem prevista para 2015 também não ocorreu. Isso afeta diretamente os Municípios, representando perda de arrecadação para prestação dos serviços públicos, já que há repasses com critérios de transferência por tamanho populacional.

Por lei, o Censo deve ser realizado a cada dez anos, tendo o último ocorrido no ano de 2010. No ano passado, a pesquisa foi adiada devido à pandemia de Covid-19. Neste ano, ela estava prevista para começar no segundo semestre e dois concursos públicos para contratação de pessoal para atuar na pesquisa já estavam em andamento, quando o governo anunciou corte de quase 95% do orçamento previsto, ocasionando questionamentos na esfera judicial, que culminaram com a decisão do STF determinando a realização do Censo Demográfico em 2022.

O IBGE está preparando um plano para que seja cumprida a determinação do Supremo Tribunal Federa. Esse projeto descreverá os recursos que precisam ser repassados ao Instituto ainda este ano, para que seja possível a realização do Censo no prazo determinado.

O chefe do IBGE de Alagoas, considera que o empenho dos gestores, como também da CNM, foram fundamentais para que a população saiba a importância da realização do censo bem como todo impacto negativo que decorre da sua não realização. Segundo ele, a realização em 2022 significará uma operação ainda melhor planejada, a ser realizada em momento mais propício, levando a uma maior eficiência da operação e resultados com toda a qualidade.

Fonte: Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *