14 de maio de 2021

Gestantes e puérperas recebem orientação sobre a vacina contra a Covid-19, em Palmeira

A Prefeitura de Palmeira dos Índios, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), reforça o alerta sobre a suspensão da vacina Astrazeneca para gestantes e puérperas. Na última terça (11), a Anvisa emitiu nota técnica recomendando a suspensão do uso da vacina Astrazeneca em mulheres gestantes e puérperas, sem comorbidades. A nota foi divulgada após a confirmação do óbito de uma gestante do Rio de Janeiro, que foi imunizada com a vacina.

A SMS reforça que esse grupo prioritário de gestantes e puérperas deve ser imunizado com a vacina Pfizer. A vacina será aplicada mediante agendamento e cadastro no site www.covid19.saude.al.gov.br/agendavacina. Tomam a vacina gestantes de 18 a 35 anos que tenham comorbidades, e as acima dos 35 anos, sem comorbidades.

O Estado recebeu mais um lote da vacina, que foi bem avaliada para imunizar, com segurança, esse grupo específico. A vacina da Pfizer exige uma câmara especial para armazenamento e, por hora, apenas Arapiraca e Maceió a possuem.

Ascom Palmeira 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *