14 de maio de 2021

AL registra mais de 328 mil alunos inscritos na Olimpíada Brasileira de Matemática (OBMEP)

Ana Paula Lins

Provas da OBMEP na rede estadual em 2019

Alagoas teve 328.921 estudantes de 828 escolas públicas e privadas inscritos para a edição 2020 da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). Em todo o Brasil, foram quase 18 milhões de inscritos na competição, cuja aplicação das provas está prevista para o período de 30 de junho a 03 de agosto (1ª fase) e 06 de novembro (2ª fase).

Pela rede estadual, são 279 escolas inscritas, com 155.420 alunos participantes. Dentre as unidades com maior número de inscritos estão Margarez Lacet, de Maceió (2380 alunos inscritos); Claudizete Lima Eleutério, de Rio Largo (com 2.122 alunos inscritos); Djalma Barros Siqueira, de Coruripe (com 2000 inscritos); Quintella Cavalcanti, de Arapiraca (2000 inscritos) e Moreira Silva, de Maceió, com 1800 inscritos;

Excepcionalidade – Este ano, em virtude da pandemia do COVID-19, o Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), organizador do evento, promoveu mudanças no regulamento e realização do evento.

Ao contrário dos anos anteriores, não haverá envio de provas impressas pelos Correios, mas serão disponibilizados modelos de provas para cada um dos três níveis da competição na página da olimpíada (www.obmep.org.br). Outra mudança é a aplicação das provas da primeira fase no período de quase um mês – do final de junho ao início de agosto – e não em um dia isolado, como de costume.

Ainda segundo a organização da competição, a aplicação da prova será responsabilidade da escola que, por conta das restrições impostas pela pandemia, poderá escolher entre a aplicação presencial ou não presencial de forma preservar a manutenção da integridade física de alunos, professores e funcionários da unidade de ensino.

Edição 2019 – Na edição 2019 da OBMEP, Alagoas conquistou 89 medalhas, das quais 81 são da rede pública e 8 da particular – das quais, 78 bronzes, 7 pratas e 4 ouros. Os quatro ouros alagoanos foram conquistados por estudantes de Maceió: João Victor Silva dos Santos, da Escola Estadual Padre Cabral; Jeann da Rocha Silva, da Escola Estadual Margarez Lacet; João Rafael Silva de Azeredo; do Colégio Santa Úrsula e Matheus Homrich, do Colégio SEB.

 Ao todo, na edição 2019, a rede estadual alagoana contabilizou 27 medalhas na Olimpíada, sendo dois ouros, uma prata e 24 bronzes. Foi o melhor desempenho da rede estadual alagoana na competição: pela primeira vez, em 15 anos da história OBMEP, a rede estadual teve dois alunos seus conquistando medalhas de ouro em uma mesma edição – até então, as escolas estaduais só haviam conquistado um ouro em 2008, com José Maurício Lima de Melo, da Escola Estadual Padre Francisco Correia, de Santana do Ipanema e 2016, com Pedro Lucas Lima, pela Escola Estadual Margarez Lacet.

Fonte: Agência Alagoas 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *