23 de fevereiro de 2021

Secretaria de Educação conclui agenda de visitas às escolas do Benedito Bentes

Foram visitadas 25 escolas no bairro do Benedito Bentes (Foto: Leonardo André)

Problemas na estrutura, carência de funcionários, de equipamentos de prevenção contra à Covid e falta de segurança. Essas foram algumas reclamações ouvidas pelo Secretário de Educação Elder Maia  durante visitas às unidades escolares da parte alta da capital. Realizadas nos meses de janeiro e fevereiro, as vistorias possibilitaram compreender de maneira mais efetiva a realidade de 25 escolas e Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) no bairro mais populoso de Maceió, o Benedito Bentes.

O cronograma de visitas teve início no dia  (08) de janeiro e o secretário teve a companhia dos coordenadores e técnicos da rede municipal.  Elder Maia ouviu atentamente os diretores de cada unidade e explicou que o Prefeito JHC é um entusiasta do contato direto e da presença permanente no chão da escola.

Secretário começou as visitas pelo Benedito Bentes por possuir um maior contingente de alunos (Foto: Leonardo André)

“O Benedito Bentes é o maior bairro de Maceió, e tem o maior percentual de estudantes, trabalhadores e residentes de um modo geral. Portanto, essas visitas são extremamente necessárias e estratégicas. O prefeito inclusive tem acompanhado a visita aos chão das escolas com entusiasmo, pois é interessante tanto para as escolas que repassam suas reivindicações, quanto para a gente que conhece todo o cotidiano e realidade das unidades da nossa rede”, disse o secretário.

A Diretora do Cmei Professor Silvânio Barbosa, Luciane Rodrigues Fonseca, disse que essa postura deu voz à creche, que fica  localizada no Conjunto Aprígio Vilela, no bairro do Benedito Bentes II. Segundo ela, o Benedito Bentes sempre foi um bairro desprezado pelas gestões anteriores, diferentemente do que está acontecendo na gestão atual.

Diretora Luciane Rodrigues apresentando o Cmei Professor Silvânio Barbosa (Foto: Leonardo André)

“Percebo que existe uma preocupação por parte do secretário Elder Maia em ver de perto o que acontece no chão das escolas através das visitas que estão acontecendo. Esse cuidado em visitar o bairro do Benedito Bentes é essencial, pois é uma  região carente que precisa ser ouvida e atendida em todas as suas necessidades. E é nesse local onde muitas crianças precisam que seus direitos de aprender, interagir e brincar sejam atendidos”, explica a diretora.

Já a diretora Josilda Silva, da Escola Selma Bandeira, se mostrou grata pela oportunidade e ressaltou que a visita demonstra um canal importante do Secretário com a comunidade escolar.

Diretora Josilda Silva dialogando com o Secretário Elder Maia e a Adjunta Emília Caldas (Foto: Leonardo André)

“Foi uma oportunidade única para podermos conversar diretamente com ele e mostrar tudo que a gente precisa. Acredito que a partir de posturas como essa a gente pode melhorar o serviço prestado a comunidade. Foi um momento muito importante e de relevância histórica, visto que em nenhum outro momento vivenciamos ações como essa”, disse a diretora.

AGENDA DE VISITAS CONTINUA

Após finalizar as visitas ao Benedito Bentes, a agenda continua nos outros bairros da capital, visitando as 142 unidades da rede, contemplando todo o território e suas necessidades. Segundo o secretário, esse compromisso faz parte de uma série de ações nos 100 primeiros dias e serve como um canal facilitado com a comunidade escolar.

“As visitas técnicas às escolas são uma ação de gestão fundamental para a compreensão, atuação e resolução dos problemas das unidades escolares. Só teremos condições de resolver esses problemas se tivermos contato permanente com esse tipo de escuta e ouvidoria junto às escolas”, diz o secretário.

Leonardo André (estagiário) / Ascom Semed

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *