12 de janeiro de 2021

Seagri e Seris assinam acordo para inserir reeducandos no mercado de trabalho

A Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura (Seagri) assinou, nesta terça-feira (12), convênio para garantir emprego e renda aos egressos do sistema prisional de Alagoas. O objetivo é oferecer oportunidades aos reeducandos que fazem parte do projeto “Uma Nova História”.

Quatro reeducandos vão atuar no prédio sede da Seagri, no Centro de Maceió. Todos eles passaram por cursos de capacitação e vão atuar nas mais diversas áreas. Os egressos do sistema prisional serão supervisionados por equipe multidisciplinar composta por profissionais de diferentes disciplinas. Esses profissionais irão realizar uma campanha de conscientização com funcionários de instituições agrícolas para promover o processo de acolhimento dos reeducandos ao novo ambiente de trabalho.

O secretário da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura, João Lessa, explica que essa parceria devolve para a sociedade homens trabalhadores. “O projeto Nossa História tem a finalidade de acolher quem já cumpriu sua pena mas não é aceito na sociedade, a Seagri está preparada para receber esses reeducandos contribuindo assim para a ressocialização”.

Estiveram presentes na assinatura do Convênio, Rodrigo Gaia, secretário Executivo de Gestão Interna da Seagri,  Rodrigo Gaia, Anne Liracy,  chefe de Gabinete da Seagri, Gabriel Neto, assessor Técnico da Seagri, coronel PM R/R Clístenes Oliveira, assessor executivo de Contratos e Convênios da Seris, 2ª Ten PM Jackeline Leandro da Silva, chefe de Reintegração Social da Seris e Andressa da Silva, advogada da Seris.

Pollyana Almeida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *