22 de dezembro de 2020

Com revitalização, Feira do Gado de Dois Riachos cumprirá ainda mais seu papel econômico

As novas instalações da Feira do Gado Valdemar Camilo, em Dois Riachos, município sertanejo localizado a 200 km de Maceió, foram entregues na manhã desta terça-feira (22) pelo governador Renan Filho e o secretário de Estado da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura, João Lessa. Foram investidos mais de R$ 2,7 milhões em melhorias estruturais com recursos próprios do Governo de Alagoas.

Renan Filho ressaltou que a Feira do Gado de Dois Riachos é uma das mais tradicionais de Alagoas e que, revitalizada, vai cumprir um papel econômico ainda maior.

“Elevar a comercialização de animais aqui significa garantir mais emprego para o Sertão, distribuir melhor a renda na região e, portanto, aquecer a economia”, avaliou Renan Filho.

O prefeito de Dois Riachos, Ramon Camilo, afirmou que a história da Feira do Gado se confunde com a do município sertanejo. De acordo com o gestor, o equipamento começa a funcionar no início de janeiro de 2021. A Feira do Gado Valdemar Camilo leva o nome do avô do prefeito, que foi pecuarista.

“É um instrumento importante para a comercialização de animais, nossa principal característica econômica. Ela representa muito para a arrecadação do nosso município, sem falar da geração de emprego e renda”, destacou Ramon Camilo.

A Feira do Gado de Dois Riachos existe há mais de 40 anos. Suas atividades foram suspensas em março por conta da pandemia e das obras de reforma. “Trata-se de um equipamento público muito importante para a região. Aqui serão comercializados cerca de R$ 25 milhões por mês e isso é muito significativo”, considerou o secretário João Lessa.

Antes das obras, as instalações eram precárias, não ofertavam a mínima condição de controle sanitário. O espaço conta, agora, com instalações adequadas voltadas à comercialização dos animais, de alimentos e utensílios. São 120 currais com bebedouros e toda uma estrutura que possibilita o bem-estar animal e condições seguras aos frequentadores.

“A estrutura foi melhorada levando em consideração o bem-estar animal e a segurança das pessoas. Antes era uma situação de total precariedade, os currais funcionavam na base da gambiarra (improviso). Os animais fugiam, se misturavam com as pessoas e por isso ocorriam muitos acidentes, de maneira que essa hoje é uma estrutura ideal”, constatou o criador Eduardo Fontes, 61 anos, morador de Santana do Ipanema.

As instalações foram projetadas para 1.200 animais de pequeno e grande portes. A feira reúne, por dia, mais de 120 vendedores e criadores, oriundos dos estados de Sergipe, Pernambuco e Bahia, além de Alagoas.

Participaram, ainda, da solenidade em Dois Riachos o diretor-presidente da Agência de Defesa e Inspeção Animal (Adeal), Isaac Albuquerque; da Emater, Adalberon Sá Júnior; os prefeitos de Cacimbinhas, Hugo Wanderley; e de Santana do Ipanema, Christiane Bulhões; dentre outras autoridades.

Rodovias e acessos

Ainda em Dois Riachos, Renan Filho garantiu aos moradores do município, presentes ao evento, que em breve vai iniciar a pavimentação em asfalto do acesso ao Povoado do Pai Mané. Ele destacou que grandes obras estão em andamento na região, a exemplo da construção do Hospital Regional do Alto Sertão, em Delmiro Gouveia; da Adutora da Bacia Leiteira e da implantação da estrada que liga Carneiros a Santana do Ipanema.

“Depois vamos ligar Carneiros a Senador Rui Palmeira, Olivença à cidade de Batalha e vamos iniciar – essa que será a maior obra para o Sertão de Alagoas – a duplicação de Arapiraca a Delmiro Gouveia. O primeiro trecho, de Arapiraca a Olho D’Água das Flores, eu já vou publicar o resultado (da licitação) nos próximos dias para iniciar a obra em janeiro”, garantiu Renan Filho.

A implantação da Rota do Feijão foi outra obra viária abordada pelo governador.

“Trata-se de uma estrada que liga o município de Inhapi até Piranhas, mas especificamente ao distrito de Piau. Será uma grande integração do Sertão alagoano. Isso vai facilitar muito o trânsito e o escoamento da produção, além de aproximar a região da duplicação da AL-220, que estamos fazendo. Espero, nos próximos cinco meses, iniciar essa obra até o meio do ano que vem para entregá-la ainda como governador”, projetou.

Agência Alagoas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *