23 de novembro de 2020

Segurança Começa Comigo: MVV realiza o 1º Dia de Segurança

Projeto Serrote está investindo em práticas que estimulam o cuidado consigo e com o outro

“Segurança Começa Comigo”. Foi esse o tema da 1ª edição do Dia da Segurança da Mineração Vale Verde (MVV), promovida pela Appian Capital Brazil nesta quarta-feira (18) em Alagoas. No Projeto Serrote, onde está sendo implantado o empreendimento entre Arapiraca e Craíbas, a importância da cultura de segurança foi reforçada ao longo de todo o evento.

Ele contou com a presença dos empregados e terceirizados da empresa em quatro momentos distintos. A medida aconteceu devido aos cuidados com o novo coronavírus (COVID-19), em consonância às recomendações governamentais e sanitárias para não haver aglomeração.

Participaram lideranças da Appian Brazil e da MVV, como o diretor de Assuntos Corporativos, Pessoas e SSMA, Silvio Lima; o gerente geral de Operação da MVV, Tony Lima; o gerente geral de Implantação da MVV, Leandro Tunussi; e outros gerentes e coordenadores. Todas as falas giraram em torno do principal valor que guia a todos de casa para o trabalho e vice-versa: a Segurança.

Essa edição piloto se tornou um marco para cada um que faz parte da MVV, visto que traz em sua mensagem um senso genuíno de pertencimento e, também, cuidado com o outro.

“O que nos previne realmente é a nossa atitude, a nossa percepção de risco. Não podemos baixar a nossa guarda e devemos nos manter atentos. O Comportamento Seguro realmente é o que nos faz caminhar e é o que vai medir o nosso sucesso rumo à Zero Lesão. Quando se trata desse assunto, todos somos responsáveis. Todo acidente pode ser evitado. Por isso, agradeço o envolvimento de todos e todas com este compromisso”, pontua Tony Lima.

SOMOS TODOS LÍDERES

Em vídeo, o CEO da Appian Brazil, Paulo Castellari, deixou seu recado: “Em Segurança, todos somos líderes”. Esse 1º Dia da Segurança contou, também, com dinâmicas e homenagens ao time de Saúde Ocupacional da MVV, principalmente por conta do trabalho exemplar desempenhado desde o início da pandemia, minimizando os riscos de transmissão da doença no Projeto Serrote.

“Esse ano nos reservou muitas surpresas – o excedente de chuvas e a COVID-19, por exemplo. Essa última, realmente foi algo inesperado. Por isso, nesse período crítico, foi preciso nos mantermos firmes, solidários e resilientes. Foi essa força do time MVV que nos fez chegar até aqui, sãos e salvos”, diz Silvio Lima.

Para que não haja novas surpresas, inclusive, é preciso ter sempre uma visão de percepção de risco no nosso dia a dia, identificando possíveis causas de acidentes e eliminando-as imediatamente.

“Fazendo isso, estaremos de olho na meta de Zero Lesão. Não apenas isso: estaremos de olho em nós e nos nossos colegas de trabalho. Somos uma coisa só; somos um time e precisamos sempre nos ajudar. Nos ajudar a construir o Projeto Serrote e a retornar inteiros para quem amamos. Isso significa que temos que dar o máximo e manter 100% a nossa atenção, a fim de que não aconteçam desvios ou acidentes”, pontua o gerente de Saúde, Segurança, Meio Ambiente e Comunidades (SSMAC) da MVV, Renato Saraiva.

O RETORNO PARA CASA

Voltar para casa e reencontrar a nossa família é o que nos move todos os dias. É o que acredita a coordenadora de Processo da MVV, Fernanda Roenick, que tem dois tesouros em sua residência.

Desde janeiro deste ano, ela veio morar definitivamente em Arapiraca, uma das cidades envolvidas pelo Projeto Serrote. Trouxe consigo o marido Helmuth e o pequeno Frederico, de apenas 3 anos.

“Quando chego em casa, a gente vai para a farra. Das 18h até às 20h, é pura alegria! Sempre com brincadeiras que envolvem caminhões, pás, muita areia e bagunça. O Frederico é fascinado por caminhões e equipamentos de carregamento… a mineração já está na veia”, revela Fernanda, sorrindo.
Depois, eles se juntam a Helmuth e os três jantam. “Na sequência, fazemos os deveres da escolinha. Normalmente, envolve pintura com tinta e colagem”, conta ela. É esse o porquê de todo o seu compromisso com a Segurança como sendo um valor essencial.

“Temos valores, regras de ouro, procedimentos diversos. Mas do que vale tudo isso, se não colocarmos em prática o que está no papel, não é? A ‘Segurança Começa Comigo’! O meu exemplo guia você, também, em suas atitudes. Quando percebemos, temos uma equipe inteira onde um cuida do outro. E todos retornam sãos e salvos para aqueles que amam. Então, faça a sua parte que eu seguirei fazendo a minha. Vamos juntos!”, conclui a coordenadora de Processo da MVV.

No fim das contas, todo o cuidado com a Segurança é por isso. Chegar em nossas residências é a maior meta. Por nós e por nossos entes queridos. É esse o novo jeito de fazer mineração, rumo à Zero Lesão.

SOBRE A APPIAN

Desde 2018, 100% do capital da MVV pertence a um fundo de investimentos administrado pela Appian Capital Advisory LLP focado em mineração. O fundo também possui um ativo no Brasil no município de Itagibá (BA), denominado Atlantic Nickel, com foco na produção de concentrado de níquel sulfetado e capacidade nominal de 120 mil toneladas/ano, que voltou a operar em janeiro de 2020. Sediada em Londres, a Appian possui ainda escritórios em países como África do Sul e Canadá.

Ascom MVV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *