26 de novembro de 2020

Recolhimento de pneus integra ações de combate ao Aedes aegypti em Maceió

Miranda coordena as operações de campo de combate ao aedes. Foto: Neno Canuto/ Ascom SMS.

Para combater doenças como dengue, zika e chikungunya é necessário eliminar os focos em que o Aedes aegypti pode se proliferar. Um destes meios é pelo descarte de pneus em locais inadequados. Por isso, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) realizou, nesta quinta-feira (26), uma ação de recolhimento destes materiais na região da orla lagunar (da Levada até o Papódromo).

De acordo com Walbertson Miranda, coordenador de operações de campo de controle do Aedes, a previsão é que a ação aconteça semanalmente, mas para que tenha efeitos duradouros, é necessário que a população se conscientize sobre os riscos do descarte irregular.

“Semanalmente a gente faz o trabalho de inspeção nas casas e os agentes de combates às endemias vão passando e observando os locais onde encontram pneus, principalmente na orla lagunar e terreno baldio. Todas as vezes recolhemos cerca de 250 pneus”, explica.

Foram recolhidos pneus na região da orla lagunar. Foto: Neno Canuto/ Ascom SMS.

O coordenador disse também que as pessoas são aconselhadas a procurar um local cadastrado pela Prefeitura para receber os pneus, como é o caso do Van Borracharia, que fica na Avenida Djalma Fragoso de Alencar, no Jardim Petrópolis II.

“O perigo maior é justamente o tempo de decomposição destes pneus, que são materiais que duram cerca de 600 anos. Então, vão ficar muito tempo na natureza e quando acontecem as chuvas torrenciais, acumula água no interior desses pneus, que é onde está o perigo da proliferação”, relatou Miranda.

Neste período de pandemia de Covid-19, as visitas dos agentes de endemias seguem o protocolo do Ministério da Saúde. “Esse protocolo é bem claro e pede que o agente de saúde não visite a parte interna do imóvel. Então, o trabalho da vista hoje se limita  à frente do imóvel, quando o agente aborda o morador e passa informações e orientações. A parte da visita interna fica por conta do próprio morador. Nas casas em que há uma passagem lateral, o agente de endemias realiza a visita acompanhado do morador, mas sempre na parte externa”, completou o coordenador.

Local adequado para descarte

Van Borracharia – (82) 98748-5885

Av. Djalma Fragoso de Alencar, 19, Jardim Petrópolis II, quadra F-2, Chã da Jaqueira.

Graziela França/ Ascom SMS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *