17 de novembro de 2020

Em reunião estratégica, MPAL apresenta projetos vigentes e destaca conquista de três premiações nacionais

Foi realizada, nesta terça-feira (17), a 10ª Reunião de Análise Estratégica, mais uma vez em formato virtual, do Comitê de Gestão Estratégica do Ministério Público Estadual de Alagoas (MPAL). Presidido pelo subprocurador-geral administrativo institucional, Válter Acioly, e pela chefe da Assessoria de Planejamento e Gestão Estratégica (Asplage), promotora de justiça Stela Valéria Cavalcanti, o encontro teve o objetivo de apresentar ao colegiado todos os projetos estratégicos vigentes na instituição e reforçar a importância do preenchimento correto do sistema que congrega todas essas iniciativas.

A abertura da reunião on-line ficou a cargo do sub-chefe do MPAL, Válter Acioly, que destacou a importância da instituição discutir, planejar e cumprir tudo aquilo considerado como estratégico para o desenvolvimento de iniciativas em prol da população alagoana. “Fico feliz em ver que membros e servidores estão tão comprometidos com suas iniciativas estratégicas. A sociedade confia em nosso trabalho e temos que corresponder à altura”, disse ele.

Preenchimento dos formulários

Coube ao servidor Thiago Alves, da Asplage, fazer uma explanação sobre as informações que devem ser inseridas no SistemaBrainstorming do MPAL, que armazena todo o conteúdo relativo aos projetos inscritos no o setor de planejamento estratégico. Ele iniciou sua fala destacando a importância de que membros do CGE criem os indicadores, por meio dos quais as ações e resultados da gestão estratégica serão medidos. Ele também mostrou o formulário de criação de indicadores e explicou a forma correta de seu preenchimento. “É essencial que o responsável pela área estratégica ou aquele que vai criar o indicador conheça os dados da realidade do seu projeto para que, assim, ele possa estabelecer essas metas. E elas são fundamentais para que possamos aferir se a iniciativa está alcançando ou não os resultados previstos”, reforçou.

Projetos que integram o banco do MPAL

Na sequência, fez sua apresentação a chefe do Escritório de Projetos, Renata Teixeira, que falou a respeito dos projetos estratégicos vigentes. Por meio de slides, ela explicou o quantitativo de projetos aprovados em 2019 e 2020, o número de equipes de projetos ativas, informações sobre o Sistema Inova, projetos cadastrados e capacitações realizadas e, por fim, dados sobre as iniciativas cadastrados no Banco Nacional de Projetos do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

Encerrando o encontro virtual, a assessora de planejamento e gestão estratégica agradeceu o empenho de todos os envolvidos e parabenizou os membros e servidores que foram campeões na última edição do Prêmio CNMP, ocorrida na semana passada. “É desse comprometimento que precisamos para nos tornar um Ministério Público mais forte e próximo da população. O reconhecimento do CNMP ao premiar três projetos nossos mostra que estamos no caminho certo. Parabéns a todos que integraram essas iniciativas e que, em 2021, subamos novamente no pódio”, afirmou Stela Valéria Cavalcanti.

Na última quinta-feira (12), o Prêmio CNMP agraciou a campanha Agosto Lilás com o 1º lugar na categoria “Comunicação e relacionamento” e os projetos “Pró-Reservas: Projeto de incentivo à criação de Reservas Particulares do Patrimônio Natural” e “Transporte Legal” com as 2ª e 3ª colocações, respectivamente, nas categorias “Defesa dos direitos fundamentais” e “Tecnologia da informação”.

O Comitê

O Comitê de Gestão Estratégica do Ministério Público é composto por 17 pessoas, entre membros e servidores. E ele está dividido por área de atuação, de acordo com os objetivos estratégicos já definidos pela administração superior.

Ascom MPE/AL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *