16 de outubro de 2020

Vereadores de São Miguel dos Campos apresentam nota de repúdio contra prefeito Pedoca Jatobá

Os vereadores que compõe a oposição no município de São Miguel dos Campos apresentaram, na sessão extraordinária desta quinta-feira (15), uma nota de repúdio contra o prefeito Pedoca Jatobá, diante das acusações feitas por meio de suas redes sociais, onde ele apontou os parlamentares como os responsáveis por não efetuar o pagamento dos servidores públicos da área da saúde.

O prefeito usou sua rede social oficial para denegrir a imagem dos vereadores afirmando que os recursos enviados do Governo Federal ao município no combate à Covid-19 ficariam inutilizados sem a aprovação da Câmara Municipal.

Em nota, os vereadores destacaram que o prefeito faltou com a verdade perante a sociedade, já que informou de forma distorcida a necessidade da liberação da verba. “O que o prefeito de São Miguel dos Campos não disse aos cidadãos no referido vídeo é que a Casa, solicitou que o Executivo encaminhasse ao Legislativo, informações adicionais acerca do projeto orçamentário enviado, bem como, que fosse apresentado um pedido de suplementação em separado de R$ 7 milhões para ser votado e evitar qualquer suposta descontinuidade administrativa – porém, eles não foram atendidos”, diz o trecho da nota de repúdio.

Os parlamentares informaram ainda que o gestor municipal solicitou uma suplementação sem enviar à Câmara, e que cabe a ela fiscalizar o orçamento do município, com os dados referentes às despesas efetuadas em junho deste ano.

“O que pretende esconder ao não encaminhar à Casa Legislativa os referidos balancetes e se recusar a prestar os esclarecimentos necessários para aprovação de qualquer projeto orçamentário em que se pretende ter autorização para manipular R$ 20 milhões?”, questionou os parlamentares.

A nota ainda esclarece a inverdade dita pelo prefeito Pedoca de que o município não teria verba para arcar com os salários dos servidores já neste mês de outubro, cujo orçamento anual já foi aprovado pelos vereadores.

“Portanto, a Câmara de São Miguel dos Campos e seus vereadores vêm externar e manifestar total repúdio as palavras do Sr. Prefeito e declarar que não será aceito qualquer tipo de atentado ao Legislativo e aos vereadores”, finaliza a nota.

Dicom Câmara de São Miguel dos Campos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *