15 de outubro de 2020

Presidente do Tribunal de Justiça de AL recebe representantes do Sinteal

Encontro foi realizado, nesta quinta (15), na Presidência do TJAL. Foto: Robertta FariasEncontro foi realizado, nesta quinta (15), na Presidência do TJAL. Foto: Robertta Farias

O presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL), desembargador Tutmés Airan de Albuquerque recebeu, na tarde desta quinta-feira (15), representantes do Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Alagoas (Sinteal). Na oportunidade, os sindicalistas entregaram uma petição online contra a reforma da Previdência de Alagoas e solicitaram mediação do Judiciário para dialogar com o Governo do Estado.

De acordo com a presidente do sindicato, Maria Consuelo Correia, o aumento da alíquota de contribuição de 11% para 14%, tem gerado dificuldades financeiras para os servidores e principalmente para os aposentados que não contribuíam e passaram a ter desconto de 14% nos salários. A lei entrou em vigor em dezembro de 2019.

”Nós temos pessoas passando por sérias dificuldades, pessoas que não tem nem o que comer. Saímos daqui com grandes expectativas. O presidente assumiu compromisso de fazer interlocução junto ao governo do estado para que nós tenhamos algo propositivo no sentido de uma saída que melhore essa forma que está sendo aplicada a taxação, a partir de um salário-mínimo, de todos os servidores”, disse.

Os representantes do sindicato também falaram sobre a suspensão do pagamento do 13º salário pelo Município de Maceió no mês de aniversário do servidor.

”O caminho é a sensibilização do governador em um sentido de fazer uma reforma previdenciária menos dura. Eu me disponho a funcionar como um facilitador da conversa entre as partes para que se encontre, talvez, caminhos menos difíceis de fazer a reforma previdenciária”, disse o presidente Tutmés Airan.

Dicom TJAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *