15 de outubro de 2020

Pelo quarto mês seguido, índice de atividades turísticas cresce no país

Setor de alimentação foi um dos que mais cresceram no mês de agosto

Pelo quarto mês consecutivo, o setor de Turismo vem registrando alta na movimentação econômica. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), o índice de atividades turísticas cresceu 19,3% em agosto, em relação ao mês anterior (julho). Os destaques vão para os serviços de alojamento e alimentação que apresentaram alta de 37,9% e o de transporte aéreo, com crescimento de 14,6% no período. Entre maio e agosto, o setor já acumulou um ganho de 63,4%.

Para o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, os números indicam que as ações tomadas pelo Governo Federal, por meio do Ministério do Turismo, ajudaram a reduzir o impacto da pandemia de Covid-19 no setor. “Trabalhamos pela manutenção de empregos, acesso a crédito, aprimoramento da relação entre o consumidor e as empresas turísticas e, neste momento de retomada, pela garantia de segurança sanitária para os turistas. Estas ações foram essenciais para garantir o retorno responsável do setor. Vamos juntos colocar o turismo de volta aos trilhos”, destacou.

Entre os estados avaliados, Ceará (85,4%), Bahia (48,4%) e Goiás (47,1%) foram os que apresentaram as maiores taxas de crescimento para o período.

Realizada pelo IBGE, a Pesquisa Mensal de Serviços produz indicadores que permitem acompanhar o comportamento conjuntural do setor de serviços no país. O levantamento traz a receita bruta de serviços nas empresas formalmente constituídas, com 20 ou mais pessoas ocupadas, que desempenham como principal atividade um serviço não financeiro, excluídas as áreas de saúde e educação.

RECEITA NOMINAL – Outro índice que cresceu foi o da receita nominal das atividades turísticas. O número teve alta de 25,9% entre julho e agosto, percentual mais alto dos últimos três meses. O destaque foi para os estados da Bahia (52,1%), Ceará (50,1%) e Paraná (49,9%).

Ascom MTur

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *