14 de outubro de 2020

Câmara Criminal do TJ nega habeas corpus a empresário Marcelo Neves

Decisão foi proferida em sessão virtual nesta quarta-feira (14). Arte: Clara Fernandes. Decisão foi proferida em sessão virtual nesta quarta-feira (14). Arte: Clara Fernandes.

A Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL) negou, nesta quarta-feira (14), o pedido de liberdade do empresário Marcelo Neves Pereira. O réu é acusado de estupro de vulnerável, maus-tratos, assédio sexual e estupro qualificado contra vítima maior de 14 anos e menor de 18 anos.

Votaram contra a concessão do habeas corpus os desembargadores José Carlos Malta (relator), João Luiz Lessa e Sebastião Costa Filho. O processo havia sido suspenso em setembro após pedido de vista do desembargador Washington Luiz.

De acordo com a denúncia do Ministério Público, o réu teria abusado sexualmente de suas duas enteadas, de sete e dez anos, além de agredi-las fisicamente. Marcelo Neves também teria cometido crimes sexuais contra duas mulheres. Segundo as vítimas, o denunciado tinha comportamento violento e as ameaçava. A defesa negou as acusações.

Matéria referente ao processo nº 0805803-02.2020.8.02.0000

Diretoria de Comunicação – Dicom TJAL – WC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *