10 de setembro de 2020

Empreendedores de Alagoas inovam e agregam mais experiência aos negócios na RuralTur

Feira de Turismo Rural online é a maior do país e contou com 15 negócios do estadoFeira de Turismo Rural online é a maior do país e contou com 15 negócios do estado

 

Em um contexto diferente do que era comum, a 16ª RuralTur, a maior feira de turismo rural do Brasil, desafiou os participantes deste ano a mostrar seus produtos de uma forma 100% online, participando de marketplace, rodadas de negócios e palestras online. Alagoas participou desta edição com 15 empreendimentos, que são atendidos pelo Alagoas Maior.

O programa, que é coordenado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) e o Sebrae Alagoas, trabalha para desenvolver os pequenos negócios, otimizando seus produtos para que possam alcançar novos mercados, com foco nas regiões Serrana dos Quilombos, Agreste e Sertão.

Um desses empreendimentos foi a Candeeiros EcoTur, que atua no Sertão alagoano com trilhas, passeios nos Cânions e hospedagem. A agente da empresa, Janaina de Melo, pontua que a experiência os auxilia na construção de uma nova realidade de trabalho, através da rede online.

“Pudemos mostrar uma vitrine da Candeeiros EcoTur, ganhamos visibilidade em um momento que estávamos sem um norte para seguir. A RuralTur veio para nos instigar e adaptar nosso negócio à essa parte tecnológica. A cada rodada de negócio que participamos e apresentação que assistimos, tivemos uma luz que nos ajudou a compor novos produtos e rotas”, declara a agente Janaína.

No Agreste de Alagoas, o município de Palmeira dos Índios levou para a feira a aldeia Xucuru Kariri, da Mata da Cafurna. Quem visita pode vivenciar a cultura indígena através de apresentações de toré, recebendo orações do pajé, conhecendo seus rituais sagrados, seu artesanato e experimentando sua culinária. Para a secretária municipal de Turismo, Cléa Carvalho, foi uma oportunidade de visualizarem algo que já acontecia no território, um produto turístico.

“Nós temos trabalhado desde 2017 para fortalecer Palmeira no turismo, através do turismo de experiência, pedagógico, com as aldeias. Eles têm muito o que mostrar, mas não tinham o formato do produto, qualificação ou preparação. A RuralTur trouxe a oportunidade de mostrar o nosso município, participar de debates e palestras. O maior retorno é saber que temos um bom produto a ser trabalhado”, declara a secretária.

Além desses, também expuseram seu trabalho o Apiário Zumbi, Restaurante Baobá, Restaurante A Porteira, Engenho São Lourenço, Cooperativa dos Produtores de Mel, Insumos e Derivados Apícolas (Coopeapis), Fábio Lampião, Balneário Canguru Park, Guerreiros Criativos, Restaurante e Pousada Ecológica O Castanho, Estação Cangaço, Farol da Foz e Balneário Santa Amélia.

“Queremos incentivar nesses negócios o pensamento de que eles podem alcançar novos horizontes e melhorar ainda mais o produto que eles têm. Nosso papel aqui é fomentar o turismo rural nessas regiões e trabalhar para crescer junto a esses empreendedores”, expõe Giselle Mascarenhas, superintendente de Desenvolvimento Territorial e Regional e coordenadora do Alagoas Maior.

Turismo de Experiência

A 16ª edição da RuralTur foi também uma oportunidade para consolidar os roteiros de turismo de experiência que já encantam os olhos de turistas de todo o Brasil, localizados principalmente no interior do estado, com mais esta ação de promoção turística. Ao alinharem produtos de valor agregado ao mercado do turismo com atrativos naturais e turístico, toda a cadeia é fortalecida, colaborando para o fluxo de visitantes nestas cidades.

O segmento de turismo de experiência só cresce no mundo e no Brasil, com um conceito de turismo que busca se contrapor ao chamado Turismo de Massa, valorizando experiências autênticas que fujam do tradicional binômio contemplação e descanso, seja aprendendo algo novo, vivendo algo inusitado, saboreando os prazeres da mesa ou ainda se hospedando em uma comunidade indígena

Letícia Cardoso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *