31 de julho de 2020

Branquinha testa mais de 300 pessoas na segunda testagem em massa da Covid

Exemplo para região da Zona da Mata, a Prefeitura de Branquinha testou mais 354 pessoas com o uso do exame rápido, adquirido com recursos próprios, que identifica a presença de anticorpos contra o vírus Sars-CoV-2 no organismo. A ação, nesta quinta (30), faz parte da segunda fase da campanha, que é pioneira na região, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Para o controle sanitário, a testagem em massa permite saber o número real de novos casos e a distribuição, que pode ser comunitária, além da antecipação de medidas contra a doença Covid-19. Até o momento, não há casos confirmados com o coronavírus.

A SMS explica que, para não haver duplicidade, ainda não houve a divulgação do número de casos confirmados, negativos ou suspeitos no boletim epidemiológico. “Quando acabou a campanha, nós analisamos os casos testados nas unidades de saúde e logo percebemos que alguns moradores decidiram repetir o exame, para fazer uma comparação com a semana passada. O que poderia levar ao aumento de casos nos levantamentos de maneira errônea”, explica Katiane Lira, que cuida do setor. O teste rápido é simples. Apenas com uma gota de sangue é possível detectar ou não a doença e o resultado fica disponível no mesmo dia.

Para que não houvesse aglomerações, a Secretaria separou as pessoas por grupos com um distanciamento social controlado e com o uso obrigatório de máscara de proteção individual. A campanha, agora na Academia de Saúde, teve a presença do Prefeito Jairinho Maia que também realizou o exame rápido e testou negativo para o coronavírus. “Esse é o exemplo que cada cidadão precisa para sair de casa, com os devidos cuidados, e contribuir com uma ação coletiva em prol da saúde. A testagem é uma forma de diagnosticar e tratar possíveis contaminados. É a estratégia mais eficiente para controlar o contágio do vírus. Juntos vamos vencer o vírus”, disse.

Assessoria de Comunicação de Branquinha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *