30 de junho de 2020

Vítimas de violência sexual continuam sendo atendidas pela Sesau em Alagoas

self defense

Diante da pandemia que o país está vivenciando com o avanço do contágio pelo novo coronavírus, a Secretaria de Estado de Saúde de Alagoas vem seguindo todas as recomendações da Organização Mundial da Saúde para manter o atendimento às vítimas de violência sexual nesse período com toda segurança necessária.

Sabemos que grande parte das violências contra crianças e adolescentes ocorrem no ambiente doméstico, tornando-se uma grande preocupação nesse momento de isolamento social e fechamento de creches, escolas e outras instituições.
Dessa forma, reforçamos a continuidade do atendimento às vítimas de violência sexual nas unidades de referência no estado e a importância do atendimento em saúde a essas vítimas para reduzir os agravos físicos, psíquicos e sociais da violência.
  • Hospital da Mulher Dra. Nise da Silveira (realiza também abertura de Boletim de Ocorrência e os exames periciais)
    Endereço: Av. Comendador Leão, 1213 – Poço
    Telefone: 3131-1355
    Público: Vítimas do sexo feminino em qualquer idade; vítimas do sexo masculino até 14 anos (a faixa etária foi ampliada)
  • Hospital Geral do Estado
    Endereço: Av. Siqueira Campos, 2059 – Trapiche da Barra
    Telefone: 3315-3281
    Público: Vítimas do sexo masculino em qualquer idade
  • Hospital de Emergência Dr. Daniel Houly (UE do Agreste)
    Endereço: AL-220, Km 5 – Sem. Arnon de Melo
    Telefone: 3539-8634
    Público: Vítimas de qualquer sexo e idade
  • Hospital Geral Dr. Ib Gatto Falcão, em Rio Largo, passou a ser hospital de campanha exclusivo ao atendimento de pessoas infectadas pelo novo coronavírus, por conta disso as demais atividades realizadas na unidade foram suspensas.
A RAVVS se coloca à disposição para qualquer dúvida através dos números 3315-1393 e 98882-9765 e do e-mail ravvs.al@gmail.com. Esperamos que em breve possamos superar o atual momento, retornando às atividades cotidianas e continuar fortalecendo a assistência às vítimas de violência sexual em Alagoas.
Ascom Sesau-AL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *