27 de junho de 2020

DataSensus divulga nota sobre divulgação de pesquisa em Matriz

Foi com surpresa que a direção do Instituto DataSensus tomou conhecimento pela imprensa, na tarde deste sábado, 26/06/2020, de decisão liminar do juizado da 12ª Zona Eleitoral de Alagoas determinando a suspensão da divulgação dos resultados da pesquisa AL-03976/2020 realizada em Matriz do Camaragibe/AL. A empresa aguarda serenamente a citação para, nos autos, através de relatórios, laudos e notas técnicas provar que os trabalhos foram realizados com o devido rigor estatístico que, associado a robustos controles internos, asseguram a qualidade e a credibilidade da pesquisa.

Preliminarmente foi observado que o pedido foi baseado em laudo fornecido pela empresa TDL Pesquisa & Marketing Instituto. O fato nos causa estranheza pois a referida empresa é concorrente e parte interessada no processo, e inclusive recentemente divulgou pesquisa realizada naquele município com resultados destoantes dos nossos e de outro instituto, não sendo parte isenta para fornecer laudo contestando esses resultados. O Instituto DataSensus também teve acesso a um vídeo com um dos nossos pesquisadores. O material foi profissionalmente EDITADO para, de tão grotesco, viralizar nas redes sociais. Na peça nossa empresa é identificada como “data ciço”. O vídeo em questão não corresponde a entrevista completa do eleitor. Nossa avaliação é que o conjunto probatório apresentado pelos contestadores objetivou induzir o juiz a erro.

Dessa forma, o DataSensus entende que a contestação apresentada pelas demais partes citadas não se baseia no resultado em si, ou seja, nos números. O Instituto entende que essa é uma tentativa de colocar em questão o método utilizado, uma vez que os concorrentes sabem da veracidade dos números. O DataSensus reitera seu compromisso com a veracidade e transparência e confia na revisão de decisão liminar.

Encaramos esse momento como uma oportunidade para apresentar robusto sistema interno de controle. A empresa conta com uma Equipe de Colaboradores bem treinada e com experiência na realização de coleta em campo. Após os trabalhos de campo e antes do processamento dos resultados, 100% dos questionários são criticados para verificação dos parâmetros amostrais e da consistência dos dados coletados. Ao final temos a certeza que boa fé o a credibilidade e confiabilidade dos dados ficarão provados.

Mario Bispo de Barros – Gerente de Pesquisas
Eugênio Albuquerque – Gerente Comercial e de Marketing

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *