13 de fevereiro de 2020

Ministro corregedor recebe advogados, partes e representantes sindicais no TRT-AL

Reunião com advogados

Na quarta-feira (12.02), terceiro dia de Correição no Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região (TRT/AL), o corregedor-geral da Justiça do Trabalho, ministro Lelio Bentes Corrêa, recebeu representantes de entidades e advogados, reclamantes e reclamados que possuem processos tramitando na Justiça do Trabalho em Alagoas. Todas as audiências haviam sido agendadas previamente, dentro do prazo estabelecido em Edital.

O objetivo da Correição é avaliar andamento dos processos, a regularidade dos serviços, observação dos prazos processuais, entre outros. Ao final do procedimento, será elaborado um relatório com as determinações e recomendações das medidas que deverão ser implantadas para melhorar os serviços e corrigir eventuais problemas detectados.

Pela manhã, o corregedor recebeu o vice-presidente da OAB/AL, Vagner Paes Cavalcante Filho; o diretor da Associação dos Advogados Trabalhistas de Alagoas (AATAL), Felipe Brandão Zanotto; e o presidente da Subseção da OAB em Palmeira dos Índios, Marcus Frederico de Queiroz Ribeiro, além de outros profissionais que fizeram o agendamento prévio.

O corregedor também se reuniu com integrantes do Sindicato dos Advogados do Estado de Alagoas (Sindav/AL) – os advogados Anita Gameleira, Felipe Vasconcellos Cavalcante, Anildson Menezes, Gessi Santos Leite e Agamenon Soares Conde.

O coordenador de assuntos jurídicos e trabalhistas do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal em Alagoas, Paulo Falcão, também foi recebido pelo ministro.

Acolhimento – Ainda no período da manhã, o ministro acompanhou, na 4ª Vara do Trabalho de Maceió, uma prática inovadora implantada pela juíza do Trabalho Kassandra Carvalho e Lima na Unidade Trabalhista. Como é de praxe, a magistrada realizou o acolhimento das partes antes do início da pauta de audiências. A iniciativa tem a finalidade de tranquilizá-las e disseminar a cultura da paz e da conciliação.

Ao proceder à recepção das partes e advogados, a magistrada ressaltou que o objetivo da medida é ajudá-las a conciliar e enfatizou a importância de se exercitar a escuta ativa, que é a virtude de saber ouvir. “Se a gente praticar o ato de saber ouvir, certamente seremos mais tolerantes e gentis, bem como teremos mais respeito pelo outro”, comentou.

Em seguida, o corregedor destacou sua satisfação com a iniciativa. “Quero expressar o reconhecimento da Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho a essa forma humanizada que a doutora Kassandra consagra no tratamento com as partes e com os advogados. A nossa Justiça do Trabalho é eminentemente social, está próxima dos dramas e procura oferecer soluções a essas dificuldades trazidas”, afirmou.

O ministro ainda frisou que a iniciativa é importante porque desperta a capacidade de ouvir e o senso de empatia, que é se colocar no lugar do outro. “Fico muito feliz por encontrar em Alagoas esse exemplo de tratamento humano, próximo e acolhedor. É para isso que estamos aqui”, observou.

No período da tarde, Lelio Bentes participou da cerimônia de entrega dos certificados do Programa Mérito de Produtividade de 1º e 2º graus e visitou a sede do Instituto de inclusão social “MandaVer”, localizado no Vergel do Lago.

Ascom TRT-AL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *