3 de dezembro de 2019

Mutirão de Cirurgias inicia atendimento no Benedito Bentes nesta quinta (5)

Serão realizadas cirurgias de hénia, em crianças e adultos, e histerectomia, em mulheres

Serão realizadas cirurgias de hénia, em crianças e adultos, e histerectomia, em mulheres

 

Com a meta de beneficiar cinco mil usuários do Sistema Único de Saúde, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) inicia nesta quinta-feira (5), no Benedito Bentes, bairro localizado na parte alta de Maceió, o Mutirão de Cirurgias, programa que tem como objetivo reduzir a fila de espera, bem como proporcionar à população uma resposta mais rápida e eficaz.

A partir das 7 horas, uma equipe técnica estará fazendo a triagem no campo de futebol em frente à Escola Estadual Marcos Antônio Cavalcanti Silva, na Avenida Benedito Bentes I. O atendimento à população do bairro prossegue até o sábado, dia 7.

Para ter acesso ao serviço do Mutirão de Cirurgias, o usuário será submetido, inicialmente, a uma consulta com um médico. Em seguida, será encaminhado para realizar os exames de ultrassom, laboratoriais, raio-X e eletrocardiograma, que serão entregues no mesmo dia.

De posse dos exames, o paciente retornará ao médico para que seu caso seja analisado. Se for confirmada a necessidade de cirurgia, de imediato, será feito o agendamento do dia em que o procedimento será realizado.

Quais procedimentos – O Mutirão de Cirurgias, organizado pela Secretaria de Estado da Saúde, está disponibilizando cirurgias para retirada de hérnias – umbilical, inguinal e epigástrica –, em adultos e em crianças na faixa etária de 4 a 65; histerectomia total (remoção do útero) e colecistectomia (vesícula).

Os usuários que forem participar da triagem devem ir ao local portando RG, CPF, comprovante de residência e Cartão SUS, além de estar em jejum.

O secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, ressalta que o programa Mutirão de Cirurgias foi planejado pelo Governo de Alagoas para contribuir diretamente com os pacientes que necessitam dos procedimentos cirúrgicos e aguardam em filas de espera. Ayres, destaca, ainda, a política de proximidade com a população que a Sesau tem efetivado.

“O Mutirão de Cirurgias foi bem debatido e construído para conseguir atender uma demanda de procedimentos em Alagoas. Estamos trazendo esse programa baseado num caso de sucesso realizado na Bahia, onde, por meio dessa mesma sistemática, foram operadas mais de 25 mil pessoas. A ideia é iniciar em Alagoas com cinco mil”, justifica o secretário.

Alexandre Ayres explica que o investimento para colocar o programa em prática está na ordem, inicial, de R$ 10 milhões. “O governo vai intensificar a quantidade de cirurgias eletivas realizadas em Alagoas, reduzir filas e humanizar esses atendimentos, garantindo uma atenção especial ao usuário. O cidadão tem esperado, por vezes, tem esperado durante muito tempo. Queremos mudar essa realidade aportando mais recursos agilizando essas cirurgias”, explica o secretário Alexandre Ayres.

 

Mônica Lima

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *