11 de novembro de 2019

Prefeito Rui Palmeira destaca obras e ações que avançam em Maceió

Rui Palmeira participou do programa Ministério do Povo, Rádio Gazeta. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

Um balanço dos avanços na Infraestrutura, Saúde e Educação de Maceió foi apresentado pelo prefeito Rui Palmeira, nesta segunda-feira (11), durante o programa Ministério do Povo na Rádio Gazeta 98.3 FM. O gestor destacou as ações do Programa Nova Maceió em diversas regiões da capital, os investimentos na Educação com recursos próprios e as parcerias do Município.

Rui Palmeira afirmou que o Nova Maceió segue com os serviços de saneamento, drenagem, pavimentação, iluminação em LED e lazer em vários bairros. O prefeito lembrou que as obras vão beneficiar tanto a parte alta como a parte baixa de Maceió. Para ele, o foco é melhorar a qualidade de vida dos maceioenses.

“É o programa de maior investimento em Maceió e já temos obras em andamento na parte alta da cidade. Vi no sábado os trabalhos avançados na Avenida Humberto Gomes de Barros, que vai ligar o Cidade Universitária ao Benedito Bentes. Já a  Avenida José Moura Rocha, que dá acesso ao Residencial Maceió I, será entregue em dezembro, a primeira obra do Nova Maceió. Estive na também semana passada na Ecovia Norte, onde em dois trechos já está caindo asfalto e é uma obra vai dar conforto aos moradores do Morada do Planalto, Parque dos Caetés e Aprígio Vilela”, pontuou Rui Palmeira.

Avenida que dá acesso ao Residencial Maceió I será entregue em dezembro. Foto: Arquivo/ Secom Maceió

As obras de infraestrutura também significam saúde. O Litoral Norte está incluso no programa da Prefeitura de Maceió. “A região do litoral é muito carente de infraestrutura. Vamos construir uma rede de saneamento de Guaxuma até Sauaçuhy, um trecho que vem crescendo e onde tem praias que são fundamentais para o nosso turismo. Serão obras de esgotamento, pavimentação, calçada, iluminação e áreas de lazer. É um investimento que vai mudar a realidade das comunidades”, disse Rui.

Obras estão avançadas na Avenida Ministro Humberto Gomes de Barros. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

Questionado pelo radialista Marcelo Rocha sobre saneamento básico, o prefeito respondeu que mesmo não sendo de responsabilidade da Prefeitura, o Nova Maceió incluiu os serviços de esgotamento. “Na gestão da ex-prefeita Kátia Born, o Município renovou a concessão da Casal, então o governo continua responsável pelo saneamento, mas mesmo assim fizemos questão de buscar recursos internacionais para esse investimento importante com esgotamento sanitário em diversas áreas da cidade”, explicou Rui Palmeira. “Fazemos isso porque sabemos que saneamento é uma questão de saúde”, acrescentou.

Educação

O prefeito atribuiu os resultados positivos de Maceió no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) ao esforço do Município: “Quando assumimos em 2013, buscamos parcerias como a do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, o PNUD, e Instituto Ayrton Senna e foram projetos com ótimos resultados. Também investimos na infraestrutura, com construção, reforma em escola e entrega de áreas para prática esportiva. Ainda teremos várias entregas este ano com recursos próprios”.

O crescimento da nota no Ideb é comemorado pelo gestor. “Maceió nunca tinha alcançado a meta estipulada pelo MEC. No último Ideb, conseguimos alcançar e ultrapassar a meta nos anos iniciais. Maceió foi a capital brasileira que mais cresceu. Antes, a nossa capital disputava o último lugar, hoje ela está na 4ª posição, inclusive ultrapassamos Recife”, informou, ao lembrar também que a Prefeitura firmou mais uma parceria com o Unicef, que é a plataforma Busca Ativa, com o objetivo de buscar os alunos que estão fora da sala de aula.

Prefeito destacou investimento na infraestrutura de escolas e Cmeis. Foto: Marco Antônio/SECOM Maceió

O trabalho nos Centros de Educação Infantil também foi citado. Rui Palmeira destacou que nesses 7 anos foram inaugurados 15 novos Cmeis. “A gente busca, com esforço, levar esses equipamentos para outras partes de Maceió”, disse.

O trabalho da Secretaria Municipal de Educação (Semed), liderado pela gestora Ana Dayse Dorea, também foi lembrado como fator importante para o avanço da Educação. “As melhorias são resultados de todo esforço dos nossos servidores, que abraçaram a nossa forma de trabalhar. A gente tem uma secretária extremamente comprometida e que montou uma equipe competente. O bom resultado no Ideb mostra que o trabalho está sendo feito de forma certa e continuamos com todo esforço para a Educação avançar ainda mais”, ressaltou o prefeito.

Moradia

Rui Palmeira esclareceu, durante a entrevista, a situação das obras de infraestrutura e moradia às margens da Lagoa Mundaú. O contrato foi assinado em dezembro de 2018, mas os recursos não foram repassados pelo governo federal. “A gente conseguiu o mais difícil, porque aquele espaço pertencia à União e em março do ano passado esse processo bastante burocrático foi concluído. Em dezembro foi assinado o contrato para a construção de 1.800 apartamentos para retirar os moradores das favelas e construir uma nova via para evitar futuras invasões. Fechamos a via para a empresa ter o canteiro de obra inicial e, infelizmente, até a data de hoje não chegou um único centavo”, disse. “Falta a liberação por parte do Ministério do Desenvolvimento Regional”, explicou.

O prefeito lamentou o impasse e espera que o projeto seja executado: “A gente já apelou ao governo federal, porque é uma ferida aberta para toda cidade e, para mim, obviamente, é algo que incomoda demais passar por ali e ver aquela triste situação. Há um dias veio um técnico do Ministério conhecer de perto, mas até o momento não temos respostas. É uma pena isso acontecer porque a ideia  era entregar os primeiros 500 apartamentos ainda esse ano. A gente espera que o Ministério se sensibilize para que a obra seja executada, porque é um marco pra cidade”.

Saúde e Limpeza Urbana

Na área da Saúde, Rui Palmeira citou a entrega da Unidade Docente Assistencial (UDA), em parceria com a Universidade Federal de Alagoas (Ufal), que atende os usuários do Cidade Universitária, e a abertura do processo seletivo para a contratação de mais de 200 profissionais da Saúde. O novo Código Municipal de Limpeza Urbana foi o assunto destacado na área de limpeza urbana, que é considerado um marco da gestão municipal na capital por causa da importância para a limpeza da cidade, que hoje é realizada pela Superintendência Municipal de Desenvolvimento Sustentável (Sudes).

Thiago Aquino / Secom Maceió

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *