9 de outubro de 2019

Usuários de gás natural são orientados sobre seus direitos e deveres

Durante a primeira semana deste mês de outubro, a Gerência de Gás Natural Canalizado da Agência Reguladora dos Serviços Públicos do Estado de Alagoas (Arsal) realizou diversas atividades de orientação ao público. As ações incluem a entrega de cartilhas e folhetos com conteúdos explicativos sobre os direitos e deveres do usuário.

Nas visitas às residências e estabelecimentos comerciais, técnicos também dão dicas de segurança e informações sobre o uso do gás natural e explicam sobre a importância da Arsal na regulação do serviço de distribuição de gás natural.

De acordo com a gerente de Gás Natural Canalizado da Arsal, Clara Alves, esse trabalho é de extrema importância, pois o usuário que entende os seus direitos pode reivindicar um bom serviço prestado pela concessionária Algás.

Cleusa Aragão é usuária do gás natural e disse se sentir mais segura com a visita da equipe técnica da Arsal a sua residência. Informação nunca é demais!”, afirmou.

Para o diretor-presidente da Agência, Ronaldo Medeiros, a Arsal tem buscado desenvolver trabalhos que visem sempre à segurança do usuário. “Queremos ser um referencial de qualidade”, afirmou.

Rotineiras, as ações dessa semana abrangem unidades consumidoras dos segmentos residencial e comercial nos bairros de Pajuçara, Ponta Verde, Jatiúca, Mangabeiras, Cruz das Almas, Jaraguá, Poço e Centro.

O serviço de distribuição do gás canalizado é de responsabilidade da Gás de Alagoas S.A (Algás), cabendo à Arsal a regulação e fiscalização desse serviço. Caso o usuário não tenha o problema resolvido ou não fique satisfeito com o atendimento da concessionária, a orientação é que ele procure a Ouvidoria da Arsal, presencialmente, ou por meio dos canais de comunicação: www.arsal.al.gov.br, telefone convencional (0800 284-0429) e WhatsApp (9 8833-9430).

Em Alagoas, 9.670 unidades consumidoras são atendidas pela rede de gás natural canalizado nos municípios de Maceió, Rio Largo, Santa Luzia do Norte, Pilar, Marechal Deodoro, Atalaia, Penedo, e Arapiraca.

Fonte: Ascom Arsal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *