13 de outubro de 2019

Emoção e fé marcam inauguração do Santuário Mãe do Amparo, em Palmeira

Emoção e fé marcam inauguração do Santuário Mãe do Amparo, em Palmeira

Santuário Mãe do Amparo foi inaugurado neste sábado (12) com muita emoção (Fotos: Diego Wendric/Assessoria)

Emoção e fé. Foi com estes sentimentos que centenas de devotos e admiradores de Nossa Senhora do Amparo, de várias partes do estado, acompanharam a inauguração da imagem do Santuário neste sábado (12), na Serra do Goiti, em homenagem à padroeira de Palmeira dos Índios. O evento foi cercado de uma programação especial, que envolveu apresentação da Orquestra Municipal Graciliano Ramos e da cantora Fernanda Ferreira, relato histórico da cidade apresentado pelo historiador Cosme Rogério, corais e grupos da igreja católica, bênção apostólica proferida pelo bispo Dom Manoel Filho, acender da nova iluminação do local e queima de fogos.

O Santuário conta com espaço para visitas, orações e romaria, composto de jardins e iluminação. O monumento à Nossa Senhora do Amparo, construído pelo escultor Giba, mede mais de 16 metros de altura e pesa 1800 quilos. “Este é um momento de felicidade e emoção. Pedimos que Nossa Senhora interceda e abençoe a nossa cidade. Agradecemos à prefeitura por ter dado este presente à cidade, que é tão importante para os devotos de Nossa Senhora do Amparo, a padroeira de Palmeira dos Índios”, disse o bispo.

Para o deputado federal Marx Beltrão, responsável pela emenda parlamentar que destinou verba para que a estátua de Nossa Senhora fosse construída, esta é a obra mais importante já realizada pelo Governo Municipal. “De todas as obras, talvez esta seja a mais importante para a autoestima de Palmeira dos Índios. A cada dez pessoas que viajam pelo mundo, três são movidas pela fé. Palmeira é uma cidade bonita, que tem serras, tem o Cristo, e, agora com a imagem de Nossa Senhora do Amparo, entra na rota do turismo religioso. Fico feliz em estar ao lado de um prefeito que investe bem os recursos e faz o melhor para Palmeira”, destacou o deputado federal.

De acordo com o prefeito Júlio Cezar, a inauguração do Santuário foi mais um grande momento de fé do povo palmeirense. “Este momento tão solene, presidido pelo bispo Dom Manoel, foi importante para a nossa população, que é movida pela fé. O estado é laico, mas incentivamos a religiosidade do nosso povo. Chegamos a uma decisão que foi, ao nosso ver, a mais acertada. Os governos passam e estou tendo a oportunidade de deixar uma pequena contribuição da nossa gestão. Apesar de toda a crise no país, estamos dando o nosso melhor”, garantiu o prefeito.

E continuou. “Esta foi uma obra com um investimento pequeno, mas com valor grandioso e que pode tocar as pessoas pela fé. Esta é a nossa obra mais importante, como disse o deputado federal Marx Beltrão, pois é neste local que muitas almas terão calma e fé no momento de tribulação. Este monumento ficará para sempre na memória das pessoas. E todo o legado desta Mãe, a partir de hoje, fica sob a responsabilidade da diocese e do povo de Deus. A nós, do governo, caberá zelar, limpar e cuidar para preservar o local que, certamente, será um grande espaço de religiosidade e fé. Hoje foi um dia muito feliz e esperado por todos nós”, finalizou o prefeito Júlio Cezar.

A inauguração foi acompanhada pelo vice-prefeito e secretário de Saúde Márcio Henrique, vereadores, secretários municipais, caravanas de vários pontos do estado e pela população palmeirense.

Ascom Palmeira dos Índios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *