13 de agosto de 2019

Prefeitura de Penedo apoia trabalho de artesãos penedenses

A orla de Penedo tem um novo atrativo turístico que atrai visitantes e moradores da cidade histórica. Instalada na Praça Comendador José da Silva Peixoto, a Feira do Artesanato é a novidade do local onde o comércio de peças produzidas manualmente tem ainda música ao vivo, parque infantil e pontos de alimentação.

Em sua 4ª edição, a Feira de Artesanato se consolida como ponto de encontro, diversão e lazer, além de ser uma excelente vitrine para micro e pequenos empreendedores, gente que tem habilidade para transformar trabalhos manuais em obras de arte.

De uso decorativo ou funcional, crochê ou biscuit, madeira ou material reciclado, plantas em miniatura, artigos personalizados, tudo isso e muito mais está disponível nos estandes cedidos pela Sociedade de Arte e Cultura Popular de Penedo.

A ONG penedense é parceira da Associação dos Artesãos de Penedo (ArtPen), entidade responsável pela feira que tem apoio da Prefeitura de Penedo, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur).

Artesãos

Maria das Virgens é uma das associadas da ArtPen e participa desde o início do evento de periodicidade mensal. “Na primeira Feira eu não vendi, não vou mentir, mas recebi encomendas. A gente sabe que, independente de fazer vendas ou não, aqui surgem novas oportunidades”, explica a artesã especializada em peças de crochê, tecido e feltro.

No estande ao lado, a funcionária pública Marivone Santos mostrava seu trabalho em biscuit. Acompanhada das filas e do marido, também destacava o fechamento de vendas com pessoas que conheceram as peças do Ateliê ArtsBiscuit. Com loja online, Marivone tem na Feira de Artesanato mais um espaço de exposição de ótimo alcance.

ArtPen

Presidente da ArtPen, Sérgio Nascimento, aposta no crescimento da feira, acima até do número de 28 associados ativos da entidade criada em outubro de 2018. A associação sabe do potencial do artesanato e pretende resgatar a característica do espaço público que já foi conhecido como ‘feira do barro’ por conta da venda de peças de cerâmica.

“Essa praça aqui já teve a sua feira de artesanato, então nós também estamos resgatando a história de Penedo”, diz o artesão paulista, porém de sotaque carioca, casado com uma penedense também artesã. “Foram as águas do rio São Francisco que me trouxeram”, brinca Sérgio, apontado para o futuro. “Nós vamos fazer uma feirinha de artesanato igual as das cidades maiores, essa praça vai ser o local de mais um grande atrativo para Penedo”.

Quem quiser conferir, marque o próximo 14 de setembro em sua agenda como data da 5ª edição da Feira de Artesanato de Penedo, maior e melhor do que as anteriores. Aguarde!

Fonte: Secom Penedo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *