2 de agosto de 2019

Feira da Agricultura Familiar é realizada na Praça Cesário Procópio na Cohab em Penedo

A Feira da Agricultura Familiar, que desde novembro do ano passado vem mudando a vida do agricultor penedense, teve novo endereço na ultima quarta-feira (31), sendo realizada na Praça Cesário Procópio dos Mártires, no Conjunto José Moraes Lopes, antiga Cohab.

A realização da feira em novo local faz parte da nova dinâmica adotada pela Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento, que passará a realizar a feira em diferentes bairros de Penedo, mantendo a cada 15 dias na Praça de Santa Luzia, no Barro Duro.

Agricultores familiares de diversos povoados da zona rural de Penedo comercializaram produtos oriundos de sua própria produção ou adquiridos de vizinhos; totalizando mais de 300 famílias beneficiadas, gerando assim emprego e renda para o homem do campo.

Legumes, verduras, frutas, tubérculos e hortaliças, muitos colhidos no mesmo dia, estão saindo diretamente da roça para a mesa do consumidor penedense. Por conta disso e também do preço acessível, a maioria dos itens se esgota antes mesmo do pôr-do-sol. Também são comercializados bolos, artesanato de palha e outros produtos.

O Secretário de Agricultura, Manoel Messias Lima, destaca a oportunidade de comprar produtos livres de agrotóxicos durante a Feira da Agricultura Familiar.

“É um divisor de águas na geração de empregos e renda para Penedo, capacitamos os agricultores e eles estão aptos a oferecer um produto de qualidade, isento de inseticidas. Além disso podem comercializar seus produtos sem a figura do atravessador, o que permite ainda vender a um preço atrativo, mas sempre procurando manter a qualidade dos itens comercializados”, explica o gestor da pasta que deu nova vida ao homem do campo penedense.

Manoel Messias Lima também informa a inclusão de uma novidade na feira: os doces produzidos no povoado quilombola Tabuleiro dos Negros. Produto esse que não se fez presente nas edições anteriores, mas que foi muito bem recebido pelos consumidores, esgotando-o rapidamente.

Fonte: Secom Penedo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *