22 de agosto de 2019

Ajuda Humanitária: renovação segue quinta e sexta para o lote 3

Renovação da Ajuda Humanitária segue cronograma até dia 29 de agosto. Foto: Ascom Defesa Civil

Segue nesta quinta-feira (22) e sexta-feira (23) o processo de renovação da Ajuda Humanitária do Governo Federal para os moradores do bairro Pinheiro inseridos no lote 3. Para a renovação, os beneficiários deverão confirmar os dados cadastrais e assinar um Termo de Responsabilidade informando que permanecem fora da área de risco e que utilizam o recurso federal para fins de moradia.

A Coordenadoria Municipal Especial de Proteção e Defesa Civil (Compdec) orienta que o atendimento para renovação está sendo realizado de 9h às 14h, na sede do órgão, localizada na Rua Cônego João Barros Pinho, 107, no bairro do Pinheiro.

As novas regras para a renovação foram publicadas no Diário Oficial do Município (DOM) na segunda-feira (19), atendendo recomendação da Defesa Civil Nacional e da Defensoria Pública do Estado, e tem por objetivo evitar que os moradores continuem nos imóveis localizados nas áreas de risco, mesmo recebendo o aluguel social.

Nesta terça e quarta-feira (20 e 21), mais de 160 pessoas dos lotes 1 e 2 da Ajuda Humanitária compareceram para renovação do benefício. O cronograma agora segue com o atendimento dos moradores do Pinheiro inseridos no lote 3, que tem 124 beneficiários.

Já na próxima segunda-feira (26), estará disponível a renovação para os beneficiários dos lotes 1, 2 e 3 que não cumpriram o prazo. E nos dias 28 e 29, é a vez dos 125 beneficiários do lote 4.

Antônio Jackson atendeu a convocação. Ele destacou a agilidade no atendimento com a divisão do processo de renovação por lotes. “A verdade é que ninguém quer se deslocar para assinar nada. Mas aqui o atendimento é ágil e solícito, todo mundo tira nossas dúvidas. Isso nos dá certa tranquilidade. Não enfrentei filas nem tive estresses, foi mais rápido que pensei”, disse.

A diretora Social da Defesa Civil, Carla Moura, destaca que o pedido de renovação do benefício foi aprovado pelo Governo Federal no dia 15 de julho, mas que o recurso ainda não está na conta do Município. Segundo ela, o fato ocorre em decorrência da tramitação burocrática de transferência do recurso federal, mas que assim que for efetuada a liberação a Defesa Civil emitirá informações sobre a retirada do pagamento.

Ascom Defesa Civil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *