7 de junho de 2019

Arapiraca sedia mutirão de triagem do pé torto para crianças da II macrorregião de Saúde

 

Arapiraca deve receber cerca de 200 crianças de municípios alagoanos que compõem a II Macrorregião de Saúde, durante mutirão para triagem de pacientes com “Pé Torto”, que acontece no sábado (8), a partir das 8h, no Centro de Referência Integrada de Arapiraca (Cria), no bairro Santa Edwiges.

A ação, que tem o apoio da Prefeitura de Arapiraca, através da Secretaria Municipal de Saúde, é promovida pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) e destinada a crianças de até 14 anos, provenientes dos 46 municípios da II Macrorregião de Saúde, visando a correção do problema ortopédico.

Paula Rafaela Nunes, da coordenação Municipal Saúde da Criança, explica que cada município, a partir da identificação do problema, dentro da faixa etária estabelecida, é responsável para o encaminhamento para o mutirão. “De Arapiraca, até o momento, a Secretaria de Saúde identificou 22 casos, que serão encaminhados ao atendimento médico para a avaliação neste sábado”, completou a coordenadora.

Pé torto

O pé torto congênito é caracterizado como uma má formação que faz com que o bebê nasça com os pés torcidos ou invertidos. O problema atinge, em média, 16 crianças a cada mil nascidas vivas. E quanto mais cedo for realizado o tratamento, melhores serão os resultados(8)

Atendimento

De acordo com informações da Secretaria de Saúde do Estado, o médico ortopedista Rogério Barbosa, da Gerência de Ações Estratégicas (GAEST) da Sesau, será o responsável pelo atendimento das crianças, que passarão por avaliação, que indicará se o paciente deverá passar por um procedimento cirúrgico ou o tratamento conservador. A proposta da GAEST é também realizar o agendamento para que o paciente inicie o tratamento.

Ascom Arapiraca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *