15 de abril de 2019

Prefeitura confecciona “Coelhos de Páscoa” com pneus abandonados

Criados por uma ação conjunta das Secretarias de Cultura, Meio Ambiente e Assistência Social, os coelhos da páscoa irão decorar a cidade e alegrar as crianças no período de festividades da páscoa

Resgatar a cultura do coelho da páscoa utilizando pneus inservíveis. É este o intuito da Prefeitura de Marechal Deodoro, por meio das Secretarias de Cultura, Meio Ambiente e Assistência Social em confeccionar coelhos da páscoa com pneus.

A parceria das secretarias teve como objetivo levar o resgate cultural para os deodorenses de forma sustentável. Com isso, foram utilizados pneus recolhidos pela Secretaria de Meio Ambiente nos estabelecimentos do município. A ação visa também conscientizar os deodorenses sobre a reciclagem, mostrando que pneus e outros materiais podem ser utilizados de diversas maneiras.

A execução do coelho da páscoa foi feita por técnicos das Secretarias de Meio Ambiente e Cultura. De acordo com o secretário de Cultura de Marechal Deodoro, Diego Lima, o objetivo da Prefeitura é fazer o resgate cultural das principais festividades que acontecem durante o ano.

“Além da gente resgatar a cultura dos Coelhos da Páscoa, a gente está na verdade reaproveitando os pneus e contribuindo com o meio ambiente, promovendo um momento festivo para as crianças do município. Além disso, conscientizar as pessoas que descartam os materiais de forma errada, e com esse material, vamos conscientizar de fazer o uso correto”, disse.

Este é o primeiro ano em que a Prefeitura de Marechal Deodoro realiza a confecção de um coelho da páscoa no município. A coordenadora de educação ambiental da Secretaria de Meio Ambiente, Rennisy Cruz, falou da importância em reutilizar materiais como forma de preservar o meio ambiente.

“Esse projeto não envolve só a situação cultural da páscoa, mas também a busca da reutilização dos resíduos que poderiam ser descartados inadequadamente. Nós fizemos a coleta nos estabelecimentos de Marechal Deodoro e demos a destinação adequada”, expôs a coordenadora.

Sthefane Ferreira (estagiária) / Fotos: Wellington Alves

Secom Marechal Deodoro

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *