24 de abril de 2019

Pinheiro: Marx Beltrão faz apelo para que CPRM não atrase divulgação de estudo

O deputado federal Marx Beltrão fez um apelo na tribuna da Câmara dos Deputados, em Brasília, para que a CPRM (Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais) não adie a entrega do laudo sobre as rachaduras no bairro do Pinheiro. A empresa vem informando que divulgaria o documento até o fim de abril. Milhares de pessoas afetadas pelo problema aguardam, com ansiedade, a publicização do documento.

“Mais de 20 mil alagoanos aguardam os resultados sobre a causa do afundamento no Pinheiro. A data prometida pela Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais é na próxima semana. As famílias estão apreensivas e aguardam respostas, mas a luta não termina com esse laudo. Muitos tiveram que abandonar suas casas e deixar pra traz histórias de vida. Essas pessoas não podem ficar desamparadas e precisam ser indenizadas” disse o parlamentar.

Responsável por realizar os estudos no solo do bairro, a Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais – CPRM é uma empresa governamental vinculada ao Ministério de Minas e Energia, que tem as atribuições de Serviço Geológico do Brasil. Técnicos da empresa estão há meses em Maceió realizando diversos estudos na região. A divulgação do material será um marco na busca por reparação para as milhares de famílias afetadas pelas rachaduras.

“O laudo apontará as causas e será o ponto de partida para que a defesa dos moradores da região ganhe ainda mais ênfase. O documento é importantíssimo, porque se espera que ele aponte os responsáveis pelo problema. Ou seja, a luta dos moradores do Pinheiro não termina com a divulgação do laudo da CPRM. Muito pelo contrário. Ela ganhará ainda mais corpo com a apresentação deste estudo fundamental”, concluiu Marx.

Fonte: Ascom Marx Beltrão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *