7 de fevereiro de 2019

10ª Vara de Arapiraca tem menor congestionamento de AL pelo 3º ano

Juiz André Gêda Peixoto Melo, titular da 10ª Vara Cível de Arapiraca.Juiz André Gêda Peixoto Melo, titular da 10ª Vara Cível de Arapiraca

A 10ª Vara Cível de Arapiraca teve a menor taxa de congestionamento entre todas as unidades de Alagoas, pelo terceiro ano consecutivo. Em 2018, a unidade comandada pelo juiz André Gêda Peixoto Melo registrou apenas 31% de congestionamento.

Também desde 2016, a Vara vem obtendo a melhor pontuação da premiação Juízo Proativo, promovida pelo Tribunal de Justiça de Alagoas para reconhecer o trabalho dos magistrados e servidores da Justiça estadual. Com o resultado de 2018, a unidade atinge novamente o Padrão Excelência do Juízo Proativo.

O magistrado André Gêda destaca que os resultados são fruto da união de todos os envolvidos nos processos judiciais. “Desde a dedicação dos servidores da Vara, com a redução de rotinas processuais desnecessárias, até o engajamento dos Advogados, Defensora Pública e do Ministério Público na pacificação processual, resultam em um número crescente de acordos, além de sentenças proferidas ‘em mesa’, após a realização das audiências”, explicou o juiz.

A taxa de congestionamento baixa significa que o processo tramita de forma célere, chegando num menor espaço de tempo ao seu término. O desempenho é monitorado pelo Conselho Nacional de Justiça.

Os dados do Juízo Proativo são apurados pela Divisão de Estatísticas da Assessoria de Planejamento e Modernização do Poder Judiciário (APMP). A 10º Vara Cível de Arapiraca tem tido resultados expressivos desde 2014, primeiro ano da aferição. Confira:

Desempenho da 10ª Cível da Capital de Arapiraca no Juízo Proativo
Dicom TJAL – IN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *