25 de janeiro de 2019

Prefeitura de Boca da Mata aposta na força do homem do campo

A prefeitura de Boca da Mata através da Secretaria de Agricultura realizam o projeto de incentivo a produção local de frutas, legumes, milho, feijão verde, mandioca, amendoim, inhame e outras culturas. O projeto Barriga Cheia tem acelerado a geração de renda no território, são 280 famílias beneficiadas pelo município, onde cada uma recebe uma área de terra preparada e gradeada  com trator agrícola e apoio técnico do município, a maioria do publico beneficiado é de origem rural e que ficaram desempregados desde o anuncio de recuperação judicial da única indústria da cidade, a Usina Triunfo.

De acordo com o secretário municipal de agricultura, Gilson da Rádio, grande parte dos participantes estavam sem nenhuma perspectiva para um trabalho, com o projeto estamos resgatando a dignidade dessas famílias, trabalhamos a auto estima e já estamos colhendo os primeiros frutos, alias uma produção livre de agrotóxicos, que já é comercializado na cidade, barateando assim alguns itens como por exemplo o litro do feijão de corda que já chegou a custar R$: 6,00, hoje na feira livre sai dois litros por R$: 5,00.

O próximo passo é inserir a produção local na merenda escolar através da próxima chamada publica para a merenda escolar que acontece no próximo mês. O município de Boca da Mata firmou diversas parcerias com o governo do estado através da secretaria de estado da agricultura e Emater, outro grande parceiro é a Codevasf, além das associações de agricultores locais, a exemplo da Rádio Comunitária Boca da Mata FM. O prefeito em exercício de Boca da Mata, Valter Acioli, comemora os números e esta bastante entusiasmado com esse revolução silenciosa que acontece no território.

ASCOM BOCA DA MATA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *