8 de setembro de 2016

Alagoas participa da reunião do Comitê Nacional SAJ Procuradorias

Segundo Francisco Malaquias, reunião do comitê tem sido uma importante ferramenta de melhoria do sistema.

Segundo Francisco Malaquias, reunião do comitê tem sido uma importante ferramenta de melhoria do sistema.

Os procuradores de Estado Luís Vale e Leonardo Máximo Barbosa participaram da reunião ordinária do Comitê Nacional SAJ Procuradorias, que aconteceu em Salvador (BA). O encontro reuniu representantes de Procuradorias que utilizam o sistema PGE.Net para alinhar e  disseminar melhores práticas e melhorias na programação da ferramenta, respeitando a funcionalidade e as características de cada Estado. O contrato já foi homologado em Alagoas e que agora passa por um processo de implantação e funcionamento na esfera judicial até o final do mês.

O procurador-geral do Estado, Francisco Malaquias, recentemente enfatizou que os procuradores de Alagoas passaram por um treinamento para absorver com maior conhecimento técnico necessário e assim possam executar atividades por meio do novo sistema de gestão. Malaquias ainda lembrou dos ganhos de recursos para o Estado em médio e longo prazo, especialmente pela otimização e integração com outros sistemas. Com essa integração, será possível pelo PGE.Net receber intimações e citações por meio eletrônico.

As decisões referentes ao funcionamento e a forma de contrato com a empresa têm sido discutidas em conjunto por todas as PGE’s, especialmente desde o último encontro realizado em São Paulo. Entre os assuntos em pauta, agora em Salvador, estiveram as políticas de precificação, melhorias tecnológicas, código-fonte e correção de problemas encontrados. Além de Alagoas, outros 14 estados brasileiros já utilizam o software desenvolvido pela empresa Softplan.

“A reunião do comitê tem sido uma importante ferramenta de melhoria do sistema. A troca de informações, entre as procuradorias proporcionou a evolução do PGE.Net de tal forma que a sociedade empresária Softplan tem colhido cada vez mais sugestões para que o sistema atenda as necessidades dos procuradores”, explicou o procurador de Estado Luís Vale, que coordena a implantação em Alagoas.

Fonte: Alexandre Lino/Ascom PGE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *