23 de maio de 2016

Esmal oferece sessão de cinema para 600 estudantes de escolas públicas

Fotos: Caio LoureiroSessão foi realizada no auditório da Esmal, no bairro do Farol

Sessão foi realizada no auditório da Esmal, no bairro do Farol

A Escola Superior da Magistratura de Alagoas (Esmal) promoveu, nesta segunda-feira (23), mais uma edição do Cine Esmal. Pela manhã, 300 estudantes do ensino médio das escolas estaduais Teotônio Vilela e Edmilson de Vasconcelos Pontes, localizadas no Farol, participaram do evento.

À tarde, foi a vez de 300 alunos do 6º ao 9º ano das escolas municipais Kátia Assunção, no bairro Jacintinho, Hévia Valéria, na Cidade Universitária, Antídio Vieira, no Trapiche, e Jaime Miranda, na Santa Lúcia, serem contemplados com a ação, promovida pela Esmal por meio do Programa Cidadania e Justiça na Escola (PCJE), que tem como coordenador o juiz Hélio Pinheiro Pinto.

Para o professor George Bergson, que leciona na Escola Edmilson de Vasconcelos Pontes, a iniciativa é positiva e contribui com a formação dos alunos. “Essa ação do Poder Judiciário ajuda na formação desse novo indivíduo que está surgindo para a sociedade. Todas as instituições públicas deveriam fazer trabalhos desse tipo. São atividades proativas que, sem dúvida, ajudam na formação dos estudantes”, destacou.

O presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL), desembargador Washington Luiz Damasceno Freitas, esteve na abertura do evento e ressaltou que a intenção do Judiciário é se aproximar, cada vez mais, da sociedade. “Dialogar com esses jovens é algo bastante positivo e que tem dado bons frutos. Nosso objetivo é fazer com que continuem participando das nossas atividades”, afirmou.

Diretoria de Comunicação – Dicom TJ/AL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *