22 de janeiro de 2016

Seduc reúne diretores das 14 escolas de tempo integral para realinhar metodologia pedagógica

Diretores e coordenadores das 14 escolas em tempo integral da rede de ensino público estadual se reuniram nesta quinta-feira (21), na Escola Estadual Afrânio Lages, no Cepa, para discutir os últimos ajustes antes do início das aulas, previsto para o final de fevereiro e começo de março. Encontro contou com a participação secretária executiva da Educação, Laura Souza, e técnicos da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e das 13 Gerências Regionais de Educação (Gere). Na ocasião, foram discutidas questões relativas à matriz curricular dos cursos profissionalizantes ofertados para os estudantes do ensino médio integral, formação de professores e infraestrutura. Nestas unidades serão ofertados cursos técnicos de agronegócio, suporte e manutenção de informática, recursos humanos, eventos, hospedagem, marketing e cooperativismo.

Formação

No período de 25 a 29 de janeiro, a Seduc, em parceria com o Instituto Inspirare, promove uma formação para discutir as diretrizes do Programa Alagoano de Ensino Integral. A formação, que acontecerá no Centro de Formação Ib Gatto (Cenfor), no Cepa, é voltada para técnicos da Seduc, Geres e das 14 escolas de ensino integral da rede pública estadual. A formação contará com o apoio da Associação Escola Aprendiz – instituição com experiência nacionalmente reconhecida na área de educação integral – e inicia uma discussão que transcorrerá durante todo o ano de 2016 acerca das diretrizes para a política de educação integral na rede estadual, sua implementação e institucionalização. Na pauta, a discussão de temas como princípios e objetivos da educação integral; discussão e construção das diretrizes orientadoras para o currículo da educação integral e desenho geral da política de educação integral do Estado. “Já estamos discutindo e construindo questões relativas às diretrizes da educação integral. Esta formação do dia 25 será a primeira de uma série que acontecerá bimestralmente no decorrer de 2016 com a equipe da Cidade Escola Aprendiz. As discussões empreendidas durante estas formações vão gerar documentos e marcos legais”, adianta a secretária executiva da Educação, Laura Souza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *