22 de janeiro de 2016

Luciano Barbosa recebe jovens de Rio Largo aprovados no Enem

O secretário de Estado da Educação, Luciano Barbosa, recebeu nesta quinta-feira (21), em seu gabinete, os estudantes João Alexandre da Silva Barbosa, Gustavo Rodrigues e Thiago De Emery, todos da Escola Estadual Santos Dumont, de Rio Largo, e aprovados no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os jovens foram selecionados na primeira lista de chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) da Universidade Federal de Alagoas (Ufal). Acompanharam os alunos na visita o diretor-adjunto da unidade de ensino, Renato Vasco, e as técnicas da 12ª Gerência Regional de Educação (Gere), Edeilda Severino e Marcy Cândido. Aos 17 anos, João Alexandre, que obteve 840 pontos na Redação, foi aprovado em Direito, um dos cursos mais concorridos do país. Já seu colega Gustavo Rodrigues, 18 anos, ficou em 1º lugar no curso de Ciência e Tecnologia de Laticínios e Administração, que inicia este ano a sua primeira turma. Thiago De Emery, também 18 anos, foi selecionado na sua segunda opção de curso, Administração, mas também espera ser chamado na segunda listagem do Sisu para a sua segunda opção de curso, Psicologia. Na ocasião, Luciano Barbosa parabenizou os estudantes, afirmando que sua conquista é um exemplo para a juventude. "Estamos fazendo um levantamento junto às Gerências Regionais de Educação e já evidenciamos um grande número de aprovados na Ufal. Além de vocês, alunos da rede estadual de Arapiraca, Teotônio Vilela, São Miguel dos Campos, dentre outros municípios, obtiveram êxito no exame. Vocês estão de parabéns, pois superaram uma concorrência acirrada e sua conquista é motivo de orgulho para a Secretaria de Educação e um exemplo para a nossa juventude", disse o secretário, acrescentando que a rede estadual teve muitos de seus estudantes de 9º ano do Ensino Fundamental aprovados no processo seletivo do Instituto Federal de Alagoas (Ifal). Dedicação – Thiago e João, por exemplo, dividiram seu tempo entre trabalho e estudos. No horário da manhã, Thiago trabalhava como auxiliar administrativo na bomboniere do pai, enquanto João cumpria suas funções como arquivista no Banco do Nordeste. À tarde, os dois se juntavam a Gustavo para assistir às aulas do 3º ano do Ensino Médio na escola e, à noite, os três seguiam para a Ufal, onde participavam do curso preparatório gratuito ofertado pela universidade: “Conexões de Saberes". "Também participávamos de aulões aos sábados e domingos na escola e na Ufal. A gente ainda se encontrava em nossas casas para estudar", lembra Gustavo. "Muitas vezes saía direto do trabalho e chegava atrasado na escola, mas não desanimei", conta Thiago. "Foi uma rotina cansativa, mas o resultado foi gratificante", comemora João.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *