22 de janeiro de 2016

Escola Municipal desenvolve projeto de incentivo à leitura

Utilizar a biblioteca como ferramenta nas práticas educativas, através da discussão dos gêneros literários, além de incentivar a leitura e a imaginação das crianças, são alguns dos objetivos do projeto desenvolvido pelos alunos do 1º ao 5º ano da Escola Sagrado Coração de Jesus, localizada no bairro Cruz das Almas. O projeto de leitura, que contou com a participação da equipe pedagógica da escola culminou nesta sexta-feira (22) com apresentações teatrais, leitura de poemas e danças desenvolvidas com base em obras de grandes nomes da literatura infanto juvenil nacional, todas trabalhadas em sala de aula. A professora Marta Noé, uma das integrantes do projeto utilizou o poema de Mário Quintana para explicar a importância da construção e desenvolvimento da iniciativa: “São os passos que fazem os caminhos, e este foi apenas o primeiro passo de muitos que daremos para trazer, cada vez mais, o conhecimento e o gosto pela leitura para nossas crianças e crescer junto com elas”, disse a professora parafraseando o escritor. A bibliotecária, Mariângela dos Santos, parabenizou a escola pela iniciativa e às crianças pelas apresentações e também falou sobre o curso de Formação Continuada para Dinamização de Bibliotecas, realizado com os professores readaptados de 56 escolas da rede, entre eles a professora Marta Nóe. No curso, são ensinadas técnicas de organização e conservação dos livros, oficinas de origamis e de contação de histórias, entre outras atividades que fortalecem o vínculo entre professor, biblioteca e aluno, com a finalidade de impulsionar a apreciação pela leitura. O evento, que aconteceu nos dois turnos, contou com a participação da equipe da Biblioteca da Secretaria Municipal de Educação (Semed). A contação de histórias realizada por Lúcia Andrade, foi um dos pontos mais importante da culminância. A história contada por ela prendeu atenção da meninada durante todo o tempo. A técnica ressaltou a importância do desenvolvimento de atividades como essas no ambiente escolar. “É momento lúdico de estímulo à leitura e à imaginação, que trabalha os valores e as relações interpessoais e intrapessoais e fazem a criança desenvolver sua capacidade de interação”, afirma a contadora de histórias da Semed. A diretora da unidade escolar, Ana Lúcia Oliveira, já manifesta os planos para o próximo ano letivo. “Temos a proposta de realizar o projeto durante todo o ano, divindo as apresentações em partes ao longo dos bimestres, para intensificar nosso trabalho na busca de garantir o direito de nossas crianças ao acesso à leitura e ao conhecimento.” declara a gestora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *