3 de novembro de 2015

Santa Casa adere à campanha Novembro Azul de alerta ao câncer de próstata

Se outubro foi o mês rosa, de alerta ao câncer de mama, em novembro a cor predominante será o azul. O sucesso do Outubro Rosa, como campanha de prevenção, levou o Instituto Lado a Lado e a Sociedade Brasileira de Urologia a lançarem em 2012 a campanha Novembro Azul, de alerta ao câncer de próstata e outros inimigos da saúde masculina. O Novembro Azul, por sua vez, inspirou-se no movimento internacional Movember, nascido na Austrália em 2003 por ocasião, naquele ano, do Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata (17 de novembro). Enquanto as mulheres adotaram o laço rosa, os homens investiram no lenço azul devidamente acompanhado de um bigode que em muito lembra o bigode do personagem dos games Mario Bros. Simbolizando a adesão da Santa Casa de Maceió à campanha, a instituição “revestiu” de azul a fachada da Unidade Diagnósticos Santa Casa e distribuirá durante todo o mês botons com o símbolo do Novembro Azul e folhetos informativos. Mas, o ponto alto da iniciativa será mesmo o dia 20 de novembro, data em que serão atendidos 60 pacientes do Sistema Único de Saúde pré-selecionados pelo urologista Rogério Bernardo, um dos coordenadores do evento, no Posto de Atendimento Médico (PAM) Salgadinho. O grupo deverá chegar em jejum às 7 horas da manhã no Centro de Estudos da Santa Casa de Maceió para a coleta de sangue de avaliação do PSA. Após o lanche, o grupo de homens participará de cinco palestras ministradas pela Liga Urológica Acadêmica da Uncisal (LUAU)com os temas câncer de próstata, de pênis e de testículo, além de doenças sexualmente transmissíveis (DST) e disfunção erétil. Para a iniciativa, o centro de estudos reservou três salas que servirão de ambulatório, sendo uma para coleta laboratorial do PSA e as outras duas para consultas e exames de toque retal. Além de guardar o jejum de 8 horas, os pacientes deverão evitar relações sexuais, masturbação, andar de bicicleta ou a cavalo nos três dias anteriores ao evento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *