26 de outubro de 2015

Mupa recebe exposição “Palmares e Viveres – imagens de heranças vividas”

“Palmares não foi só resistência à escravidão. Foi uma comunidade de pessoas que amavam… sua cor, sua origem, sua gente”, é com esse trecho que o fotógrafo Jorge Fernando Vieira apresenta sua exposição “Palmares e Amores – imagens de heranças vividas”, que será aberta ao público no dia 06 de novembro, às 18h30, no Museu Palácio Floriano Peixoto (Mupa), e faz parte das comemorações do mês da Consciência Negra. A exposição, que reúne 40 fotografias, com inserções poéticas e depoimentos de pessoas, traz referências feitas ao Quilombo dos Palmares, centro histórico de luta contra a escravidão no Brasil. As marcas perpetuadas na materialidade de práticas nutrida pelo seu povo, bem como no imaginário da Serra da Barriga e entorno, são objetos do projeto fotográfico. Nascido em Maceió e criado em União dos Palmares, Jorge Vieira teve seus primeiros contatos com as artes em meados da década de 80. Com mãe pintora e irmão escultor, não lhe faltou incentivo ao prazer da criatividade. Autodidata de talento inquietante, transita por diversas manifestações artísticas. O olhar apurado lhe rendeu notória qualidade às suas realizações, agora se dedica à fotografia. O Mupa está localizado na Praça Marechal Floriano Peixoto, Centro, e fica aberto para visitações de terça a sexta-feira, das 9h às 16h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *