29 de outubro de 2015

Estudantes da rede tomam posse como Parlamentares Jovens na Assembleia

Os 27 parlamentares jovens, alunos da Escola Estadual Marcos Antônio, do Conjunto Benedito Bentes, tomam posse no Parlamento Jovem de Alagoas nesta quinta-feira (29), no plenário da Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE). A solenidade de posse especial está marcada para começar às 16h, logo após a sessão ordinária do parlamento alagoano. Uma iniciativa da Escola Legislativa da ALE, o Parlamento Jovem visa estimular e aproximar os adolescentes da discussão política e exercício da cidadania. Inicialmente, o projeto envolve 27 alunos da Escola Marcos Antônio – escolhidos por meio de votação da comunidade escolar –, mas, em 2016, a expectativa é que abranja toda a rede estadual. Na ocasião, os jovens serão recebidos pelo presidente da Casa, deputado Luiz Dantas, e pelo vice-presidente Ronaldo Medeiros, que também preside a Escola Legislativa da ALE. O mandato dos parlamentares jovens é de um ano, findando em setembro de 2016. “Após a posse, eles vão escolher o presidente, vice-presidente, primeiro secretário, enfim, todos os cargos similares à atual composição da Mesa Diretora da Assembleia”, informou a professora e diretora da escola Marcos Antônio, Adenilma Brandão. “Cada parlamentar jovem terá um deputado da Casa que o ajudará na sua atuação no Parlamento Jovem”, acrescentou. Preparação A diretora da Escola Legislativa, Rita de Cássia Leite, lembrou que os parlamentares jovens já tiveram aula de elaboração de projetos de lei e já estão com alguns em andamento. “A ideia é que pelo menos um desses projetos seja colocado em tramitação para, depois, ser levado à apreciação do plenário”, revelou Rita de Cássia. Segundo ela, a atuação dos parlamentares jovens será acompanhada pelos quadros da Escola Legislativa, além das assessorias dos deputados estaduais. O Parlamento Jovem foi criado em 2011, por indicação do então deputado João Henrique Caldas, mas sua primeira composição só foi eleita em setembro de 2015, na Escola Marcos Antônio. “Em 2016, queremos que a eleição atinja toda rede estadual”, afirmou Rita de Cássia, acrescentando que o edital do pleito deverá ser publicado em junho do ano que vem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *